R7 Só Esportes 'Calma, gente'! Comentaristas trocam socos durante transmissão da final do Paraibano; veja

'Calma, gente'! Comentaristas trocam socos durante transmissão da final do Paraibano; veja

A partida entre o Sousa e o Treze foi movimentada não somente dentro de campo

Se dentro de campo a final do Campeonato Paraibano foi emocionante, fora dele também. A emoção, porém, ficou por conta de parte da equipe de transmissão da partida, e não dos jogadores. No decorrer do jogo, os comentaristas foram flagrados em uma briga séria dentro da cabine, com direito a socos e empurrões. O duelo aconteceu no último domingo (9), no estádio do Marisão, na cidade de Sousa.

A equipe visitante saiu com a vitória e o título de campeã da Paraíba. Nos pênaltis, o Treze levou a melhor e venceu os rivais por 4 a 2. Fazia, literalmente, 13 anos que os dois times não disputavam o troféu de campeão estadual.

Apesar do jogo eletrizante, quem roubou a cena foram os comentaristas. Num determinado momento da transmissão, a equipe responsável se desentendeu e não poupou as agressões. Dois homens trocaram socos, empurrões e pontapés dentro da cabine. Além do narrador, que não percebeu de primeira o que estava acontecendo, um quarto homem se dispôs a separar os dois outros que se agridiam no pequeno espaço.

Comentaristas trocam agressões na cabine de transmissão da final do Campeonato Paraibano

Comentaristas trocam agressões na cabine de transmissão da final do Campeonato Paraibano

Reprodução Redes Sociais

Os envolvidos são: Wellington Ferreira, o Garotão, narrador e locutor da partida; Alysson Fortunato, comentarista souzense; e Abel Sales, irmão do prefeito de Sousa, Fábio Tyrone. Logo depois da confusão, o Sousa fez o gol que levou a disputa do campeonato para os pênaltis.

"Calma, gente! Calma, rapaz. Calma, Alisson. Gente, alguém ajuda aqui na cabine", pediu o narrador, em tom de desespero. A transmissão de rádio foi rapidamente interrompida pela briga na cabine.

No fim das contas, com briga ou sem briga, o Treze levantou a taça do Paraibano e se consagrou campeão estadual pela 17ª vez. O jogo foi disputado do início ao fim, e o gol que levou a partida para os pênaltis saiu apenas nos acréscimos do segundo tempo. Nas penalidades, o Treze converteu 4, e o Sousa, apenas 2. 

De norte a sul: confira quem são campeões estaduais de 2023

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas