Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rímoli - Blogs
Publicidade

Gabigol por Dudu. Flamengo propõe troca ao Palmeiras. Leila se anima. O problema é convencer Dudu

Gabigol não vai seguir mesmo na Gávea. Em vez de sair ‘de graça’ no final de dezembro, dirigentes cariocas propuseram a troca por Dudu. A presidente do Palmeiras se animou com a negociação. Ela quer a saída do atacante palmeirense. A troca não é simples, mas é possível

Cosme Rímoli|Cosme RímoliOpens in new window


Flamengo já sabia que o Palmeiras negociava com Gabigol. E propôs a troca por Dudu Palmeiras

A direção do Flamengo já sabia que Gabigol negociava com o Palmeiras.

Ele já pode assinar pré-contrato para atuar em qualquer clube em 2025.

O clima é péssimo entre ele e Tite, que não o quer no grupo.

Para não ficar sem receber um centavo, depois de ter gasto R$ 98 milhões para comprá-lo da Inter de Milão, os dirigentes cariocas trataram de procurar a direção palmeirense.

Publicidade

E propuseram uma troca entre Gabigol e Dudu.

O atacante de 32 anos perdeu a confiança da direção palmeirense, principalmente de Leila Pereira, ao negociar sua ida para o Cruzeiro.

Publicidade

Não adiantou voltar atrás.

Leila não perdoou o que considerou ‘uma traição’.

Dudu recebe R$ 2 milhões e é reserva de luxo no Palmeiras.

Abel Ferreira não o tem utilizado.

Quando entra, joga pouquíssimos minutos.

De acordo com conselheiros muito ligados à Leila, há a garantia que ela gostou da proposta.

Há a necessidade de concordância de Abel, que também não se mostra muito empolgado para manter Dudu no elenco.

Dudu também precisa aceitar ir para o Rio de Janeiro.

Assim como Gabigol concordar com a vinda imediata para São Paulo.

Há também os dois estafes das duas estrelas.

A direção rubro-negra quer o negócio porque acredita que ‘equilibrará' a situação.

Da maneira com que tudo se encaminhava, o Palmeiras poderia ter um excelente reforço, no mínimo, para o Mundial de 2025.

Com a troca, a Gávea também ganhará um reforço.

Que tirará do rival.

Tudo ainda está embrionário.

Mas a midiática troca pode acontecer.

A proposta rubro-negra está feita...



Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.