Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Ingressos para jogo da NFL no Brasil esgotam em menos de duas horas

Philadelphia Eagles e Green Bay Packers se enfrentam em 6 de setembro, em Itaquera, pela Semana 1 da temporada regular

Jarda por Jarda|Lucas FerreiraOpens in new window


Jordan Love (à esq.) e Jalen Hurts (à dir.) são os quarterbacks de Packers e Eagles, respectivamente Reprodução X/NFL Brasil

Os ingressos para o jogo da NFL no Brasil se esgotaram, nesta quinta-feira (13), em menos de duas horas. Os fãs adquiriram as entradas disponibilizadas no site da bilheteria oficial, que variavam entre R$ 285 a R$ 2.500, para assistir ao confronto entre Philadelphia Eagles e Green Bay Packers — primeiro jogo da liga na América do Sul.

Por volta das 9h30, 30 minutos antes do início das vendas, uma fila virtual começou a se formar no site da Ticketmaster. Diferentemente de segunda-feira (10), quando apenas correntistas do banco XP que possuíam cartão Visa Infinite puderam adquirir parte das entradas, a venda hoje era destinada ao público geral.

Já a venda presencial começou às 11h na Bilheteria Oficial no Shopping Ibirapuera, em São Paulo. Fãs da NFL chegaram ao shopping na manhã de quarta-feira (12), segundo informações do perfil no X Packers Brasil, idealizado por torcedores da franquia de Green Bay no país.

Para quem não conseguiu ingressos nesta manhã, é válido entrar no site da Ticketmaster no início da madrugada de sexta-feira (14), já que, na última terça-feira (11), fãs reportaram nas redes sociais que ingressos da pré-venda estavam voltando para o site neste horário.

Publicidade

Veja também

O jogo, que está marcado para às 21h15, terá abertura de portões às 17h15. A expectativa é que haja ativações ao redor do estádio e, inclusive, um show do intervalo durante a partida.

A Prefeitura de São Paulo espera receber mais um jogo em 2025 e, a partir de 2026, contar com duas partidas da liga por ano. Do outro lado, a NFL também pretende expandir o calendário de jogos internacionais, permitindo que cada franquia atue, pelo menos, uma vez fora dos Estados Unidos por temporada.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.