Em guerra com o Palmeiras, Blackstar ironiza Mundial de 1951

O representante da empresa que oferece patrocínio de R$ 1, 4 bilhão não perdoou a acusação de falsificação de documentos. Partiu para a guerra

Nobre conseguiu incendiar o ambiente do Palmeiras, campeão brasileiro

Nobre conseguiu incendiar o ambiente do Palmeiras, campeão brasileiro

Reprodução/Instagram

São Paulo, Brasil

"Lamentável atitude do presidente do Palmeiras em denunciar, com certa ira, demonstrando um despreparo já anunciado, com um PAPEL DE B... totalmente desqualificado e sem nexo.

O teor do documento apresentado pelo Maurício Galiotte é ESTRANHO e com dúvidas. Não tem logotipo do HSBC e, pior, dá a entender que o "CEO" foi usado inocentemente. Jamais um CEO de um banco TOP 10 iria se expor tão inocentemente.

Infelizmente tive que representá-lo no HSBC com o documento apresentado de péssima qualidade. Vão instaurar inquérito interno e tomar providências. Um CEO jamais perderia tempo com tal "investigação".

Foi totalmente inocente e usado pelos oportunistas de plantão.

Está anexado um print neste corpo de texto enviado a pouco pelo HSBC a meu pedido que vou usar para defender a honra da empresa por motivos das injúrias pronunciadas ao vivo pelo Maurício Galiotte.

Galiotte assinou com o atual patrocinador em novembro (informações de alguns do Conselho). Ele foi enfático desde o início em defender a patrocinadora e vice e versa.

Leia também: Galiotte acusa. Documentos da Blackstar são falsos

Não bastasse este gesto covarde de usar um PAPEL ...para difamar a BLACK STAR, se gabar com informações MENTIROSAS neste papel que levaram por horas provocando a ira dos torcedores e tem meu total repúdio a atitude deste PATÉTICO.

Hoje o MG deixou claro que estava arquitetando uma única oportunidade, já que tem desafeto com alguns conselheiros, não perdeu a oportunidade e disparou contra o Paulo e o Genaro.... mas parece que o papel de... apresentado terá que ser analisado por peritos, ou este CEO do HSBC também tem essas habilidades de CARLINHOS VIDENTE (erra todas).

Ressaltando que TUDO isso poderia ser evitado se o PATÉTICO Maurício Galiotte tivesse simplesmente informado que não tinha interesse e ponto.

Mais: Blackstar não revela origem do dinheiro. Palmeiras desiste

Mas, pelo jeito, eu mexi na ferida sem eu saber....

Deixando registrado que o Palmeiras não firmou seu interesse para receber a BLACK STAR.

O Palmeiras e BLACK STAR não tiveram reunião como informado. Tivemos uma reunião no escritório do advogado eleito e expus que a BLACK STAR é uma empresa que apenas detêm os ativos.

O que aconteceu depois foi a demora de 4 dias para encaminhar algumas perguntas e com prazo de 24 horas. Conduta sem nexo pois o que pedi aos dois representantes do Palmeiras foi que a CARTA de INTENÇÃO fosse firmada e dado para aceite, situação que não aconteceu, tivemos o reverso do Palmeiras....

Lamentável.... Lamentável... Lamentável...

Leia também: Negócio entre Palmeiras e Blackstar já teve problemas no 2º dia; entenda

Eu só preciso saber se o papel que o PATÉTICO usou não é o FAX do mundial.... aí não dá!"

Esta é a mensagem divulgada pelo empresário Rubnei Quícoli, representante da holding, Blackstar, que deseja tomar o lugar da Crefisa como patrocinadora do Palmeiras.

O documento que comprovaria a ligação entre Blackstar e HSBC

O documento que comprovaria a ligação entre Blackstar e HSBC

Reprodução/Whatsapp

Por whatsapp ele ainda mostra um print que seria a prova que o HSBC daria sim a garantia bancária à empresa, que oferece R$ 1,4 bilhão por dez anos de patrocínio do Palmeiras.

Galiotte ontem apresentou documentos da empresa como sendo falsos.

Não há mais a menor condição de haver negócio.

Mais: Irritada, Blackstar dá ultimato para Palmeiras se posicionar sobre oferta

Quícoli já havia chamado o presidente Maurício Galiotte de 'covarde' e 'patético'. 

Agora, ironiza o Mundial de 1951.

O patrocínio não será fechado de maneira alguma.

Galiotte ainda pode processar o empresário.

Assim como o empresário diz que vai procurar a justiça pela difamação da Blackstar.

Por trás da guerra, conselheiros sabem muito bem.

Mais: De férias, Scarpa publica vídeo em que é expulso de parque nos EUA

Está Paulo Nobre tentando acabar com o poder de Leila Pereira.

Tirar a Crefisa do Palmeiras.

E inviabilizar a candidatura de Leila à presidência em 2021.

Nobre foi o intermediário da Blackstar e o Palmeiras.

Não teve sucesso.

Tudo que conseguiu foi incendiar o ambiente do campeão brasileiro...