Campeonato Paulista Líder e invicto, Palmeiras domina seleção da 1ª fase do Paulistão 2022

Líder e invicto, Palmeiras domina seleção da 1ª fase do Paulistão 2022

Verdão colocou três jogadores e mais Abel Ferreira na equipe ideal da primeira parte do estadual; veja escolhidos pela reportagem

Seleção da primeira fase do Paulistão 2022 escolhida pela reportagem

Seleção da primeira fase do Paulistão 2022 escolhida pela reportagem

Live Futebol BR

A primeira fase do Campeonato Paulista terminou no domingo (20) com os dois jogos que restavam e, ao final de 12 rodadas, o Palmeiras garantiu a primeira posição na classificação geral, chegando aos 30 pontos e mantendo a invencibilidade.

Foram 9 vitórias e 3 empates, com destaque para a defesa que sofreu apenas 3 gols — ou seja, o sistema defensivo leva um gol a cada quatro partidas. Para se ter uma ideia, a segunda melhor defesa é a do rival Corinthians, que foi vazada nove vezes.

Líder da primeira fase e com a vantagem de decidir em casa o mata-mata, o Verdão dominou a seleção da primeira fase escalada pela reportagem com três jogadores: Marcos Rocha, Danilo e Raphael Veiga. Além do time comandado por Abel Ferreira, apenas o Mirassol teve mais de um jogador entre os 11. O português, aliás, foi eleito o técnico do campeonato até aqui.

A seleção da primeira fase elaborada pela reportagem, num tradicional 4-4-2, tem: João Paulo (Santos); Marcos Rocha (Palmeiras), Léo Ortiz (RB Bragantino), Arboleda (São Paulo) e Roberto (Ituano); Luís Oyama (Mirassol), Danilo (Palmeiras), Renato Augusto (Corinthians) e Raphael Veiga (Palmeiras); Zeca (Mirassol) e Ronaldo (Inter de Limeira). Técnico: Abel Ferreira (Palmeiras).

Abaixo você confere como ficou cada setor do time de destaques eleito pela reportagem e os pontos destacados na votação:

GOLEIRO – João Paulo (Santos FC)
A permanência do Peixe na elite do futebol estadual passou pelas mãos do arqueiro de 26 anos. João Paulo foi peça fundamental do Santos e salvou vários jogos com defesas incríveis. Tanto que sua atuação despertou o interesse do Flamengo. Segundo dados do FootStats, ele foi o goleiro mais acionado do Paulistão, fez 44 defesas (média de 3.67 por jogo), sendo 13 consideradas difíceis. A título de comparação, o segundo arqueiro mais acionado foi Ygor Vinhas, da rebaixada Ponte Preta, com 32 defesas (2.67 por partida). 

LATERAIS – Marcos Rocha (Palmeiras) e Roberto (Ituano)
Um dos pilares do sistema defensivo do Verdão, Marcos Rocha deu 12 viradas de jogo, média de duas por partida, sem nenhum erro. Já Roberto se destacou principalmente na reta final do Paulistão, sendo líder em interceptações do classificado Ituano, com eficiência de mais de 70% nesse quesito. Os dois agora vão se enfrentar, uma vez que os times duelam pelas quartas de final.

ZAGUEIROS – Léo Ortiz (RB Bragantino) e Arboleda (São Paulo)
Léo Ortiz vem se destacando desde o último Brasileirão pelo Bragantino. Neste estadual, é um dos principais nomes da equipe de Bragança Paulista, sendo líder em passes certos, viradas de jogo e rebatidas. O equatoriano Arboleda, por sua vez, fará falta ao sistema defensivo do Tricolor. Convocado pela seleção de seu país, ele não joga nas quartas de final e deixa o time com 98% de acerto nos passes e cinco faltas cometidas.

VOLANTES – Luís Oyama (Mirassol) e Danilo (Palmeiras)
O meio-campista do Mirassol é simplesmente um dos líderes em desarme do Paulistão, sendo a porcentagem de acerto de 93%. Ele, que foi campeão da Série B do Brasileiro com o Botafogo, negocia para retornar ao time carioca na disputa do Brasileirão. Já o palmeirense Danilo é uma das grandes promessas para a posição no futebol nacional. Além dos bons números, é titular do melhor time do estadual e mostrou personalidade ao ser o grande nome do dérbi contra o Corinthians.

MEIAS – Renato Augusto (Corinthians) e Raphael Veiga (Palmeiras)
A armação da seleção do estadual está em boas mãos — ou melhor, pés. Pela direita, Renato Augusto, o maestro do meio de campo corintiano que, aos 34 anos, esbanja técnica. Por outro lado, com a perna esquerda, Raphael Veiga aparece como um dos principais líderes de um Palmeiras que sobrou na primeira fase. O meia é o artilheiro do time até aqui, com três gols marcados. Quando o assunto é pênalti, então, nem se fala: são 20 cobranças e 20 acertos desde que chegou ao Verdão. As atuações o credenciam a ser um dos nomes mais pedidos pela torcida (e não só a do Palmeiras) na seleção brasileira de Tite.

ATACANTES – Zeca (Mirassol) e Ronaldo (Inter de Limeira)
A dupla de ataque tem os dois maiores goleadores do Paulistão. Pelo Mirassol, Zeca anotou seis vezes — o mesmo número de tentos de Lucca, um dos poucos nomes de destaque da rebaixada Ponte Preta. Mesmo assim, Zeca ainda ficou atrás de Ronaldo, artilheiro da Inter de Limeira que balançou as redes nove vezes.

Técnico Abel Ferreira: invicto na primeira fase do Paulistão

Técnico Abel Ferreira: invicto na primeira fase do Paulistão

Cesar Greco/Palmeiras (10.03.2022)

TÉCNICO – Abel Ferreira (Palmeiras)
Melhor campanha entre as 16 equipes, melhor defesa do campeonato e time a ser batido. Esse é o Palmeiras de Abel Ferreira no Paulistão 2022. O atual bicampeão da Libertadores e campeão da Recopa Sul-Americana conseguiu manter a superioridade no estadual mesmo quando dividiu as atenções com o Mundial de Clubes. O time que venceu os três clássicos contra os rivais chega com status de favorito ao mata-mata.

Relembre os jogos com mais gols no Paulistão 2022

Últimas