Campeonato Carioca Fred tem sua 12ª lesão na carreira e desfalca o Fluminense

Fred tem sua 12ª lesão na carreira e desfalca o Fluminense

Clube informou sobre a lesão no músculo anterior da coxa direita; tempo de recuperação não foi divulgado

Fred, do Fluminense, em treino realizado no CT Carlos Castilho

Fred, do Fluminense, em treino realizado no CT Carlos Castilho

Lucas Merçon/Fluminense FC

Camisa 9 do Fluminense, Fred se lesionou na última na terça-feira (22), contra o Millonarios, da Colômbia, pela Pré-Libertadores. O clube carioca informou na tarde de quinta-feira que o atacante sofreu uma lesão no músculo anterior da coxa direita e já está em tratamento no Departamento Médico. No entanto, não foi informado previsão de retorno.

No lance, em uma jogada de ataque, Fred recebeu em profundidade e invadiu a área para finalizar, mas sentiu na arrancada, parou e deitou no gramado com dores. Substituto imediato, Germán Cano entrou e garantiu a vitória, de virada, por 2 a 1.

Aos 38 anos, o centroavante conviveu com lesões em boa parte da carreira. Somente pelo Fluminense foram nove, entre a coxa e pé. A última, nesta temporada, no músculo anterior da coxa, é recorrente.

A quatro meses da data marcada para aposentadoria, Fred se lesionou e ainda não se sabe o tempo de recuperação. O atacante deve ter o contrato estendido até o final do ano.

Histórico de lesões
A mais grave do jogador pelo Fluminense foi em 2013, quando sofreu lesão na panturrilha esquerda e ficou afastado por 93 dias. Na ocasião, também em início de temporada, sentiu contra o Resende, pelo Campeonato Carioca.

O maior tempo afastado na carreira foi pelo Cruzeiro, em 2018, quando rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito, e ficou fora de campo por seis meses.

Algumas das lesões do atacante e ídolo tricolor foram em momentos importantes para o Fluminense. Em 2009, o clube lutava para não ser rebaixado para a segunda divisão do Brasileirão, e o jogador se lesionou em julho, ficando 79 dias afastado. No retorno, foi fundamental para manter o time na elite.

Fred, em seu anúncio de renovação em 2015

Fred, em seu anúncio de renovação em 2015

Nelson Perez/Fluminense FC (30.01.2015)

Um ano após a lesão, também em julho, Fred machucou a panturrilha, ficando afastado por mais 73 dias. Em 2010, o clube foi campeão Brasileiro e o capitão não foi um dos principais jogadores na temporada, ficando fora em boa parte dela.

Dois anos depois, em 2012, ainda no início do Campeonato Brasileiro, em maio, Fred sentiu, de novo, a panturrilha esquerda e ficou fora por um mês. Naquele ano, o Fluminense foi campeão e Fred foi o grande destaque da equipe.

Na segunda passagem pelo Tricolor Carioca, o retorno de Fred também foi marcado por lesão. O jogador voltou em 2020 e, no ano seguinte, já na reta final da temporada, teve uma fissura no dedo do pé esquerdo, ficando fora por três semanas. Agora, em 2022, Fred chega em sua 12ª lesão da carreira.

Mesmo com todas as dificuldades encontradas no caminho, Fred, além de capitão e ídolo, é o segundo maior artilheiro da história do Fluminense, com 197 gols. Foi campeão brasileiro, em 2010 e 2012, além de já ter levantado a taça do Carioca, também em 2012.


Confira as lesões de Fred durante a carreira:
1º Coxa direita - 23/10/2006 - 70 dias afastados
2º Fratura do quinto metatarsiano do pé direito - 27/06/2007 - 105 dias
3º Tendinite no joelho esquerdo - 20/05/2008 - 129 dias
4º Região adutora da coxa direita de grau 3 - 23/07/2009 - 79 dias
5º Estiramento grau dois na panturrilha esquerda - 25/07/2010 - 73 dias
6º Panturrilha esquerda - 10/05/2012 - 31 dias
7º Estiramento no músculo reto anterior da coxa direita - 31/08/2013 - 93 dias
8º Joelho esquerdo - 27/11/2015 - 39 dias
9º Fisgada na panturrilha direita - 23/07/2017 - 37 dias
10º Rompimento do ligamento cruzado anterior do joelho direito - 25/03/2018 - 169 dias
11º Fissura na falange distal do quinto dedo do pé esquerdo - 12/10/21 - 21 dias
12º Músculo anterior da coxa direita - 22/02/2022 - Sem tempo definido

Últimas