Futebol Fábio brilha e Fluminense vence na estreia da Libertadores

Fábio brilha e Fluminense vence na estreia da Libertadores

Em jogo disputado, goleiro tricolor defendeu um pênalti; partida da volta é na próxima terça-feira (1), às 21h30

  • Futebol | Do Live Futebol BR

David Braz comemora gol do Fluminense contra o Millonarios

David Braz comemora gol do Fluminense contra o Millonarios

Reprodução/Twitter/Conmebol

Com pênalti defendido por Fábio, o Fluminense estreou na Libertadores com vitória. Na noite desta terça-feira (22), o Fluzão venceu o Millonarios, da Colômbia, por 2 a 1, de virada, pelo jogo de ida da segunda fase da competição. Os gols da vitória foram marcados por David Braz e Germán Cano. Já pelo Millonarios, Eduardo Sousa anotou.

Com o resultado, o Fluminense saiu na frente na disputa. Nesta edição, não há gol qualificado e, no jogo de volta, no Rio de Janeiro, o time brasileiro precisa apenas empatar para se classificar.

O jogo
O início de partida não foi como o Fluminense imaginava. Jogando na altitude de Bogotá (2,5 mil metros acima do nível do mar), o Tricolor tomou gol ainda nos primeiros minutos. Aos 6’, em falha na recomposição, o Millonarios aproveitou o contra-ataque e marcou o primeiro com chute forte de Sosa.

O Flu teve dificuldade em entrar no jogo e o adversário foi superior na primeira etapa. Aos 17’, Sosa, que havia marcado o primeiro gol, foi expulso após cotovelada em Willian Bigode.

Na melhor chance do Fluminense na etapa, Fred recebeu sozinho mas não conseguiu finalizar. O camisa 9 sofreu uma lesão muscular na coxa quando arrancou e foi substituído por Germán Cano.

Fred, do Fluminense, é marcado por dois jogadores do Milionarios

Fred, do Fluminense, é marcado por dois jogadores do Milionarios

Mauricio Dueñas Castañeda/EFE - 22.02.2022

O gol de empate do Tricolor veio ainda no primeiro tempo. Aos 42’, o goleiro Montero falhou e deu rebote no chute de Yago Felipe. Luiz Henrique pegou a sobra e ajeitou para David Braz empurrar para o gol.

Na sequência, por muito pouco, o Fluminense não virou. Cris Silva pegou a sobra e chutou forte para defesa do goleiro Montero. Quase um golaço do lateral-esquerdo.

O segundo tempo começou muito movimentado. Com um minuto, o Flu chegou duas vezes com perigo. Na primeira chance, Luiz Henrique entrou na área e chutou forte, para a defesa do goleiro Montero. Na sequência, Cris Silva e Jhon Arias trocaram passe e o lateral finalizou, mais uma vez, mas a bola foi para fora.

Na vez do ataque do Millonarios, Ruiz invadiu a área e, em jogada com marcação tranquila, Yago Felipe falhou e cometeu falta dentro da área. Pênalti marcado. Na batida, o goleiro Fábio fez grande defesa, impedindo a vantagem do time colombiano.

Mesmo com um a menos, o Millonarios conseguiu se impor na partida, mas não foi eficiente. David Braz, muito seguro, protegeu e impediu mais um gol do adversário.

Em contra-ataque, a virada do Flu. Aos 32’, Martinelli, que tinha acabado de entrar na partida, fez belo passe para Luiz Henrique, que deixou Germán Cano sozinho, pronto para marcar o segundo gol e correr para o abraço: 2 a 1 Flu.

O Fluminense teve outras oportunidades de ampliar o placar. Luiz Henrique tentou cobrir o goleiro e jogou para fora. Cano, em mais uma oportunidade, também desperdiçou. Fim de jogo com vitória do time brasileiro na altitude colombiana.

Jogo de volta
Na próxima terça-feira (1), o jogo da volta será realizado no Brasil. Desta vez, a disputa será no Estádio São Januário, novamente às 21h30. Quem vencer no placar agregado passa à terceira fase da Pré-Libertadores.

Pelo Cariocão
Antes, no sábado (26), o Tricolor encara mais um desafio pelo Campeonato Carioca. O time de Abel Braga joga contra o Vasco da Gama, às 17h, no Estádio Nilton Santos. O duelo é válido pela nona rodada do estadual do Rio.

FICHA TÉCNICA

Millonarios-COL 1 x 2 Fluminense
Local: Estádio El Campín, em Bogotá (Colômbia)
Data e hora: terça-feira (22/02), às 21:30
Árbitro: Dario Herrera (Argentina)

Gols: Eduardo Sosa, aos 6’/1ºT (Millonarios); David Braz, aos 42’/1ºT e Germán Cano, aos 32’/2ºT (Fluminense)

Cartão vermelho: Eduardo Sosa, aos 17’/1ºT (Millonarios)

FLUMINENSE: Fábio; Nino, Felipe Melo (Ganso), David Braz; Calegari, André, Yago Felipe (Martinelli), Cris Silva (Pineida); Willian Bigode (Jhon Arias), Luiz Henrique e Fred (Germán Cano). Técnico: Abel Braga

MILLONARIOS: Álvaro Montero; Felipe Román (Elvis Perlaza), Andrés Llinás, Juan Vargas, Ómar Bertel; Larry Vásquez (Richard Cerlis), Stiven Vega, Eduardo Sosa, David Silva (Juan Pereira), Daniel Ruiz (Édgar Guerra); Diego Herazo (Jader Valencia). Técnico: Alberto Gamero

Últimas