Jesus vê 'potencial Bruno Henrique', Flamengo contrata Pedro Rocha

O Flamengo venceu a concorrência de Palmeiras e Corinthians. E assegurou o empréstimo de Pedro Rocha. Atacante velocista rebaixado com o Cruzeiro

Jorge Jesus percebeu potencial de Pedro Rocha. Mesmo rebaixado com Cruzeiro

Jorge Jesus percebeu potencial de Pedro Rocha. Mesmo rebaixado com Cruzeiro

Flamengo

São Paulo, Brasil

A direção do Flamengo não está brincando.

Não quer que 2019 seja um ano esporádico.

Sucesso único entre vários anos.

Veja mais: Bruno Henrique: 'O momento do Fla é mágico e precisamos desfrutar'

Muito pelo contrário.

O desejo é se impor como o melhor time do Brasil.

E da América do Sul.

Por isso, sua política de contratações de jogadores vividos, talentosos, seguirá para 2020.

O clube acaba de acertar em cheio.

Fechou a contratação por empréstimo de Pedro Rocha, atacante de 25 anos, que atua pelos lados do campo.

Veloz, driblador, artilheiro.

Capixaba, mostrou talento desde garoto. Passou pelo Atlético Mineiro, São Paulo, Juventus, mas foi desabrochar no Grêmio, entre 2015 e 2017. 

Foi vendido para o Spartak Moscou por 12 milhões de euros, cerca de R$ 54 milhões.

Não conseguiu se adaptar.

Voltou ao Brasil, emprestado, justo para o tumultuado Cruzeiro.

Acabou não sendo útil como se esperava.

Disputou várias partidas na reserva.

Acabou fazendo parte do grupo rebaixado para a Segunda Divisão.

Só que ele não sabia que estava sendo observado, estudado por Jorge Jesus. O treinador português viu no jogador seu potencial mal explorado. 

Velocista, sim.

Driblador, também.

Assim como artilheiro.

Veja mais: Flamenguistas atacam irmã de Neymar. Por podar Gabigol

Excelente potencial.

Mas, na ótica do português, tudo mal trabalhado.

Situação que o lembrou de Bruno Henrique.

No ano passado, o jogador que foi escolhido como o melhor do Campeonato Brasileiro, de 2019.

Da Copa América.

E convocado para a Seleção.

Sonhos impossíveis em 2018, no Santos.

Jesus foi específico, claro para a diretoria do Flamengo.

Que apostasse em Pedro Rocha.

O pedido foi firme.

E alertou que ele precisava de alguém com as características de Bruno Henrique, que pode receber uma proposta irrecusável a qualquer instante. E nem começar 2020 na Gávea.

O Flamengo foi mais firme do que dirigentes do Palmeiras e do Corinthians, que também se interessaram pelo jogador.

E ele jogará na Gávea no próximo ano.

Por empréstimo.

Bruno Henrique era um jogador subestimado no Santos

Bruno Henrique era um jogador subestimado no Santos

Santos

O plano financeiro do Flamengo para 2020 é ousado.

Gastar cerca de R$ 138 milhões em contratações.

E manutenção de atletas do time campeão da Libertadores.

Como Gabigol, que o clube insiste em tentar segurar.

Este ano, o time fantástico de Jesus conseguiu trazer R$ 857 milhões aos seus cofres.

Já foi feita a previsão orçamentária para 2020.

E, nela, há obrigação de sucesso da equipe.

Bruno Henrique. Melhor jogador da Copa América de 2019

Bruno Henrique. Melhor jogador da Copa América de 2019

Reprodução/Twitter

No Brasileiro, entre os três primeiros.

Na Libertadores, mínimo de chegar-se as semifinais

Copa do Brasil, fase semifinal.

No Campeonato Carioca há o impasse sobre o acerto de transmissão de seus jogos.

A meta é conquistar títulos.

Bruno Henrique na Seleção Brasileira. Evolução graças a Jesus

Bruno Henrique na Seleção Brasileira. Evolução graças a Jesus

CBF

E paulatinamente descer as dívidas.

Hoje elas ainda chegam a R$ 501 milhões.

A previsão em 2020 é que baixem para R$ 450 milhões.

A filosofia de Rodolfo Landim é seguir investindo, ganhando campeonatos.

E administrando com calma os débitos.

Mais do que isso, fazer que o Flamengo siga se impondo no Brasil.

Na América do Sul.

Dinheiro não faltará para contratações...

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

De Alisson a Salah! Veja a pedreira que Fla pode enfrentar no Mundial