Cosme Rímoli Ameaça? Boicote? Blefe? Clubes prometem não entrar em campo no Brasileiro, em protesto contra o Flamengo

Ameaça? Boicote? Blefe? Clubes prometem não entrar em campo no Brasileiro, em protesto contra o Flamengo

19 clubes que disputam o Brasileiro ficaram revoltados com a decisão do STJD, liberando público para os jogos do Flamengo. E prometem não jogar a próxima rodada do torneio. A Globo pode processar

  • Cosme Rímoli | Do R7

Dirigentes de 19 clubes brasileiros, prometem boicotar a rodada, se o Flamengo tiver torcida

Dirigentes de 19 clubes brasileiros, prometem boicotar a rodada, se o Flamengo tiver torcida

Ari Vidal/Flamengo

São Paulo, Brasil

Revolta, ameaça, novo blefe?

Os 19 clubes que disputam o Brasileiro com o Flamengo fizeram questão de fazer suas assessorias de imprensa trabalharem.

E deixaram vazar que prometem boicotar a rodada do próximo final de semana.

Por conta da liberação do STJD que o Flamengo possa ter torcida nos torneios nacionais: no Brasileiro e na Copa do Brasil.

A ameaça é 'causar o caos' e forçar a CBF a interferir e obrigar que o Flamengo não jogue com público.

Só que a direção da CBF já 'lavou as mãos' e passou a decisão para o STJD, que definiu, nesta noite, a favor do Flamengo.

A Globo, dona da transmissão do Brasileiro, pode ser o grande obstáculo.

Porque os clubes têm contrato com a emissora carioca, se obrigando a entrar em campo, respeitando a tabela do Brasileiro.

Os dirigentes de vários clubes grandes seguem trocando mensagens e telefonemas, prometendo tomar uma atitude conjunta, para ninguém ser prejudicado individualmente.

Dirigentes da CBF duvidam que as equipes tomem essa atitude.

Porque não houve qualquer irregularidade nas ações que o Flamengo tomou

Muito pelo contrário.

Os dirigentes rubro negros foram egoístas e desprezaram o 'acordo de cavalheiros', decidido no Conselho Arbitral antes do início do Brasileiro. O combinado era voltar todos ou nenhum.

Só que a direção do clube, tensa, por deixar mais de R$ 110 milhões, sem público, desde o início da pandemia, decidiu, como define o presidente Rodolfo Landim, 'procurar seus direitos'.

Ameaça, revolta ou novo blefe dos clubes?

A resposta vira nos próximos dias.

O Flamengo não se importa.

E entrará em campo amanhã e domingo, no Maracanã.

Com venda de ingressos, com público no estádio.

Se o Grêmio não aparecer, não será problema seu...

Neymar fica de fora do top-5 da versão 2022 do game Fifa

Últimas