Cosme Rímoli "Favoritismo? Vimos o que o México fez com a Alemanha." Casemiro

"Favoritismo? Vimos o que o México fez com a Alemanha." Casemiro

O volante da Seleção prega respeito aos mexicanos. E deixa claro. O time de Tite não vai se deixar levar pela imprensa. E defende Neymar

Casemiro. De desprezado no São Paulo. A titular do Real Madrid e da Seleção

Casemiro. De desprezado no São Paulo. A titular do Real Madrid e da Seleção

CBF

Sochi, Rússia

"O favoritismo vem de vocês. Camiseta não ganha jogo. Temos o exemplo da Alemanha. Com todos os jogadores que tem, todo o favoritismo, caiu na primeira fase. Estamos muito tranquilos.

Confira tudo sobre Copa 2018 no R7 Esportes

"Todos os jogadores são de grande nível, de clubes sempre favoritos. Já estamos acostumados a essa pressão, a esse favoritismo que todo mundo fala. Nós temos sempre muito respeito, tranquilidade, humildade. Temos que jogar muito futebol para ganhar do México."

Casemiro mostrou o quanto o Brasil está levando a sério o que aconteceu com a Alemanha. Tite tem usado o exemplo dos atuais campeões mundiais. A derrocada do time de Joachim Low começou exatamente com uma derrota diante dos mexicanos.

O jogador, que foi desprezado pelo São Paulo, é dono de uma das maiores metamorfoses no futebol. Titular absoluto do Real Madrid e da Seleção Brasileira. Mostra a cada instante o quanto amadureceu também fora de campo.

Sua coletiva refletiu essa evolução. Foi questionado como conseguiu essa mudança.

"Diria que foi um conjunto de profissionais, de clubes. Até mesmo da minha atitude. Fiquei muito feliz da minha evolução dos últimos anos para cá. Tenho 26 anos e quero seguir crescendo muito mais na minha carreira. Tem grandes jogadores na função (de volante), hoje em dia se fala muito do Busquets, apesar de ser característica bem diferente da minha.

"É um primeiro volante que gosto muito, tem grande qualidade. Jogador com a minha característica é um pouco difícil falar, porque tem poucos jogadores da minha característica de primeiro volante. Jogador com a minha característica não tem tanto. Sempre tem o que melhorar. Mas não falta entrega, concentração. Ainda mais se tratando de Seleção, você tem sempre que estar melhorando. Para ser titular da seleção brasileira, tem ter que ter pensamento sempre de evoluir."

Não havia um pingo de deslumbre na análise do Brasil na Copa do Mundo.

"Sabemos que a cada jogo estamos melhorando. Primeiro foi um empate, mas com sabor de que poderia ter feito mais, até mesmo não jogando mal, mas um pouco mais. O segundo jogo, contra a Costa Rica, com propósito somente de se defender, e o terceiro deu para demonstrar um pouco mais de futebol, contra uma equipe um pouco mais aberta. Facilitou nosso estilo de jogo. Estamos crescendo da competição, é normal, até pela ansiedade no começo da competição. Na minha opinião, a evolução vai ser maior ainda na próxima fase."

Casemiro mostrou todo o respeito a Juan Carlos Osório.

"Nós sabemos, é um técnico que sempre surpreende. Tem que estar esperto. Ele tem o respeito de todos nós, porque quer surpreender o Brasil. Sem dúvida, se tiverem proposta de jogar, vai ser melhor para o Brasil. O treinador deles é muito esperto, trabalhou no São Paulo e já me falaram muito bem dele. Tenho certeza de que ele vai querer nos surpreender."

Como não poderia deixa de ser, defendeu o quanto pôde Neymar. Primeiro quando foi obrigado a compará-lo com Neymar, seu companheiro de Real Madrid.

A evolução de Casemiro no Real Madrid é algo espantoso. Virou outro jogador

A evolução de Casemiro no Real Madrid é algo espantoso. Virou outro jogador

Reprodução/instagram

"São dois jogadores excepcionais, que podem mudar um jogo a qualquer momento. São jogadores, no meu ponto de vista, de outro mundo. São jogadores que estão entre os três melhores do mundo, juntando com Messi. Que bom que um deles está do nosso lado. Sem dúvida, o Neymar pode mudar um jogo a qualquer momento."

A ironia deixou para quem perguntou se o grupo protegia Neymar.

"Proteger Neymar? É uma estrela mundial faz muito tempo. Ele sabe como lidar com crítica. Se Neymar não joga bem um jogo, toma porrada. Se joga bem um jogo, é o melhor do mundo. Ele está acostumado e sabemos da qualidade dele. Ele está fazendo a diferença. No primeiro jogo, todos podem ter feito um jogo regular, mas ele já demonstrou estar mais solto contra a Sérvia, fez grande partida. Ele sabe bem lidar com isso. Por isso é o Neymar, o grande jogador do Brasil."

Curta a página R7 Esportes no Facebook

Copa 2018 já quebrou recordes da história dos Mundiais. Veja quais