Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cosme Rimoli Copa 2018
Publicidade

Cortando as asas de Neymar. Seleção quer mais respeito

O atacante xingou Thiago Silva e reclamou demais do time contra a Costa Rica. O zagueiro, Marcelo e Tite trataram de enquadrar o jogador

Cosme Rímoli|Do R7 e Cosme Rímoli

Thiago Silva, Marcelo e Tite. Conversas sérias com Neymar
Thiago Silva, Marcelo e Tite. Conversas sérias com Neymar Thiago Silva, Marcelo e Tite. Conversas sérias com Neymar

Sochi, Rússia

Daniel Alves seria o jogador que Tite teria como o responsável por conter Neymar na Copa do Mundo. Um dos únicos capazes de fazer com que o jogador não passasse dos limites. Em campo e fora dele. 

O lateral o trata como um irmão menor desde que chegou ao Barcelona. Ficaram muito íntimos. Foi Neymar quem o indicou para o PSG. Mas uma inesperada operação no joelho do lateral estragou os planos de Tite.

De Messi a Maradona: a crise da Argentina em dez personagens

Publicidade

O atual grupo aceitou Neymar como seu líder natural. Não pela personalidade, mas pelo futebol talentoso que possui. Tudo estava bem nos amistosos contra a Croácia e Áustria. Mas assim que começou a Copa do Mundo, a situação mudou.

Neymar tem se colocado como o responsável pelas vitórias brasileiras. E isso tem afetado os seus nervos. Desde contra os suíços, ele se mostrava tenso, irritadiço. Discutindo com marcadores, com o árbitro, ironizando bandeiras. 

Publicidade

Saiba o que cada seleção precisa para chegar às oitavas da Copa

Essa postura perigosa piorou contra a Costa Rica. Ele acrescentou um ingrediente que não foi aceito pelo restante do elenco. Ele passou a xingar os companheiros. Na partida passada, pela pressa, repreendeu com um forte palavrão Thiago Silva por devolver a bola aos costarriquenhos, quando um deles estava machucado.

Publicidade

Thiago Silva ficou chocado. 

"Tenho ele como irmão mais novo, procuro cuidar dele. Hoje fiquei triste com ele, quando devolvi a bola ,ele me xingou muito. Teoricamente ele estava certo, porque eles fizeram muita cera. Mas não era aquela bola que ia fazer a gente ganhar. Fiquei muito triste com o xingamento dele", desabafou, em São Petersburgo.

Além disso, o atacante reclamou demais do time durante o jogo. Estava irritado demais.

COPA #DIA11: Inglaterra passeia, Argentina muda e Polônia cai

A situação não passou despercebida. Thiago Silva cobrou Neymar. Mas não falou sozinho com ele, Marcelo também achou que o jogador do PSG passou dos limites. Ele pode estar irritado, em pé de guerra com a imprensa, mas não aceita que ele trate mal, mesmo nervoso, os companheiros de equipe. 

A reunião para colocar panos quentes na situação aconteceu entre os jogadores. Sem a participação de Tite. Eles tiveram uma conversa sincera. O atacante se desculpou, ele se dá muito bem com Thiago Silva, são companheiros do PSG. E o zagueiro sempre o defendeu com conflitos com a imprensa francesa, principalmente com o jornal L'Equipe.

Imprima a tabela de jogos completa da Copa do Mundo da Rússia de 2018

Mas Neymar precisou conversar também o técnico da Seleção. Tite o alertou sobre suas atitudes diante da Costa Rica. As discussões com zagueiros e com o árbitro, que custaram um cartão amarelo e outras entradas violentas. 

Outra vez o camisa 10 do Brasil deu a sua versão. Alegou que estava fazendo tudo para a Seleção vencer. Tite pediu muito mais calma. Até porque outro cartão amarelo contra a Sérvia custaria a suspensão no jogo eliminatório das oitavas, caso o Brasil se classifiique. 

Antes de começar a Copa do Mundo, Tite foi muito específico. Conversou bastante com Neymar. O alertou que ele seria o grande alvo de cobranças e pressão no time brasileiro. Seria o mais visado por árbitros e jogadores adversários.

Não há como negar que Neymar fez por onde.

Veja combinações que levam a duelo Brasil x Alemanha. Simule!

Jornalistas europeus já têm uma ideia concebida do brasileiro e trata de espalhá-la. A de que Neymar é especialista em simular faltas, o que por aqui, é pecado mortal. Visto com um grande ato de desonestidade. Não de esperteza, como é no Brasil.

Tanto contra a Suíça como diante da Costa Rica, os árbitros apontaram em várias divididas que Neymar estaria simulando faltas. Até um pênalti diante dos costarriquenhos, que ele insistiu ter sofrido, foi anulado pelo VAR, depois de marcado.

As críticas da imprensa, principalmente nas transmissões, o tiraram do sério. Como na Olimpíada do Rio, ele começou sua greve de silêncio dos jornalistas. 

Até aí, Tite e os jogadores aceitavam. Quando seus acessos de fúria passaram a ser contra o time, não. 

As conversar com Thiago Silva, Marcelo e com o treinador foram sérias.

Neymar promete se controlar.

Será necessário.

Porque será muito provocado pelos truculentos sérvios.

Se ele não se controlar não só sabotará sua atuação.

Pode sabotar o Brasil.

Mas já ha a certeza.

Thiago Silva não aceitará mais ser xingado na Copa.

Neymar está avisado...

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.