Futebol Santos chega ao dia mais importante da sua história com ruídos dentro e fora de campo

Santos chega ao dia mais importante da sua história com ruídos dentro e fora de campo

Time não tem se encontrado em campo; fora dele, polêmica com centroavante tomou conta dos bastidores

Lance
Santos teve problemas com Marcos Leonardo

Santos teve problemas com Marcos Leonardo

Raul Baretta/Divulgação/Santos FC

Um dos maiores orgulhos do Santos está em xeque nesta quarta-feira (6), dia em que o clube alvinegro chega à última rodada do Campeonato Brasileiro com chances de rebaixamento para a Série B na próxima temporada.

É bem verdade que o Peixe só depende dele no jogo em que receberá o Fortaleza, na Vila Belmiro. Porém isso pode ser um grande problema frente às turbulentas animosidades que a equipe possui dentro e fora de campo. Sobretudo na comunicação.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Em campo, um sistema defensivo que chegou a ter certa consistência no início do trabalho do técnico Marcelo Fernandes parece não conversar mais. Entre as linhas de três e quatro, o time que tinha ficado três jogos sem ser vazado sofreu sete gols nos três seguintes. Sendo derrotado por 3 a 0 nos dois últimos compromissos, contra Fluminense e Athletico-PR.

Nas 37 rodadas do Brasileirão até aqui, o Santos só não sofreu gols em oito jogos. O sistema defensivo santista é o terceiro pior da competição, atrás apenas de Coritiba e América-MG, dois últimos colocados e já rebaixados.

Para piorar, o melhor jogador da zaga alvinegra, principalmente no fim deste ano, Joaquim não atuará no duelo mais importante para a equipe da Vila Belmiro no ano. O camisa 28 recebeu o terceiro cartão amarelo na derrota para o Furacão, no último fim de semana, e cumprirá suspensão.

Problemas fora de campo

E se não bastasse tantas adversidades dentro das quatro linhas, o extracampo santista também ganhou as suas páginas nos últimos dias por conta dos problemas de disciplina criados pelo centroavante Marcos Leonardo, um dos principais atletas do elenco atual.

Reserva contra o Athletico, o jogador teria se atrasado após o elenco ter sido liberado para almoçar fora, antes de retornar à concentração para o jogo contra os paranaenses. O atleta, no entanto, apresentava alteração na postura e criou um desgaste interno até mesmo com pessoas da direção alvinegra.

Responsável por blindar o elenco e amenizar a situação, o responsável pelo departamento de comunicação santista optou pelo silêncio e, desde segunda-feira (4), não respondeu o contato feito pela reportagem. Diferentemente do que fez o estafe do atleta, que apresentou a versão do atacante e confirmou a informação do atraso e a multa de 20% no salário.

De público recorde a vantagem histórica: veja sete motivos que tornam o Brasileirão 2023 especial

Últimas