Campeonato Paulista Se tem técnico argentino no Santos, também há Santos FC na Argentina

Se tem técnico argentino no Santos, também há Santos FC na Argentina

Fundado em homenagem ao Peixe de Pelé, clube homônimo vai completar 47 anos no próximo dia 3 de maio

Parte do elenco do Santos da Argentina, durante visita à Vila Belmiro, em 2017

Parte do elenco do Santos da Argentina, durante visita à Vila Belmiro, em 2017

Santos FC

A chegada de Fabián Bustos, quinto técnico argentino na história do Santos, é motivo para lembrar que, em seu país de origem, também há um Santos conectado ao futebol. Trata-se, e não poderia ser outro nome, do Santos Futebol Club da Argentina.

O time, que completa 47 anos no próximo 3 de maio de 2022, foi criado no embalo do sucesso do Santos de Pelé.

Curiosamente, o Santos argentino fica numa cidade com nome de estado brasileiro em homenagem ao famoso rio que o Brasil também conhece bem: Paraná, capital da província de Entre Rios – a 480 km de Buenos Aires.

O Santos (de Santos) já recebeu atletas e dirigentes do Santos (de Paraná), que fica na argentina. Confuso? Não para eles. A relação com o Peixe é íntima e afetiva.

Os hermanos estiveram em visita à Vila Belmiro por duas vezes: em 2009 e 2017. Nesta última, inclusive, o time xará bateu bola com veteranos e colaboradores do Alvinegro Praiano no icônico gramado.

Rody, fundador, com Marcelo Martinez, ex-atleta

Rody, fundador, com Marcelo Martinez, ex-atleta

Reprodução/Facebook

Origem

O Santos argentino foi ideia do jornalista Rody Pelito Sarmiento. De acordo com o centro de memória do Santos e de outras fontes, uma partida que o inspirou a batizar o time ocorreu em 5 de dezembro de 1973: um 4 a 0 do Peixe, com Pelé e Edu em campo, contra o campeão argentino da época, Huracán.

Foi o último jogo de Pelé em solo argentino e com gols dele, Edu, Nenê Belarmino e Léo Oliveira.

O Santos de lá seria fundado pouco tempo depois, em 1975. O legado de Rody, que enfrentou problemas de saúde recentemente, segue com o filho, Ignacio (conhecido como Nacho), ao manter a equipe ativa em torneios amadores regionais.  

Últimas