Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Campeonato Paulista - NO REFRESH
Publicidade

Ponte empata, cai para a 2ª divisão e vê o rival Guarani se classificar

Em outros jogos da rodada, Santos escapou da queda, mas viu o Santo André vencer e carimbar a vaga; Ituano encara o Palmeiras

Campeonato Paulista|Do Live Futebol BR

Lance do 1º tempo em São Bernardo, no duelo entre o time da casa e o Guarani
Lance do 1º tempo em São Bernardo, no duelo entre o time da casa e o Guarani Lance do 1º tempo em São Bernardo, no duelo entre o time da casa e o Guarani

A rodada deste sábado (19) do Campeonato Paulista trouxe todas as definições da primeira fase da competição, com os três últimos classificados para as quartas de final e o segundo rebaixado para a Série A2.

Ponte Preta, que precisava vencer e torcer, só empatou com o Ituano em casa e não conseguiu escapar. A Macaca se junta ao Grêmio Novorizontino, que já tinha caído. Já o Santos conseguiu vencer o Água Santa, espantou o fantasma do rebaixamento, mas não se classificou — o Santo André avançou em segundo.

Confira os duelos das quartas de final:

Terça-feira (22/03)

Publicidade

20h30 – São Paulo (1º do B) x São Bernardo (2º do B)

Quarta-feira (23/03)

Publicidade

19h – RB Bragantino (1º do D) x Santo André (2º do D)

21h35 – Palmeiras (1º do C) x Ituano (2º do C)

Publicidade

Quinta-feira (24/03)

19h – Corinthians (1º do A) x Guarani (2º do A)

Leia também

No Grupo A, com a derrota da Inter de Limeira por 2 a 0 para o Santo André, o empate sem gols do Guarani com o São Bernardo, e a derrota do Água Santa para o Santospor 3 a 2, ficou definido que o Corinthians, que já estava garantido e esperando seu adversário nas quartas, vai enfrentar o Bugre, na Neo Química Arena.

O duelo das quartas do Grupo B já estava definido desde o meio de semana, com o São Paulo enfrentando o São Bernardo. O Novorizontino, que joga neste domingo (20) contra o Corinthians, já estava rebaixado, na lanterna geral da competição. Restava somente a Ferroviária definir seu futuro e, com a vitória por 2 a 0 diante do Mirassol, o time comandado por Elano garantiu a permanência na elite do futebol paulista. 

Já no C, o grupo mais equilibrado, tirando o Palmeiras, que já estava classificado e garantido como melhor campanha da primeira fase, todos os outros times brigavam pela classificação. Com o empate do Ituano por 2 a 2 com a Ponte Preta, o Galo garantiu a vaga para encarar o Verdão, no Allianz Parque. Já o Botafogo-SP, que foi derrotado pelo São Paulo por 2 a 1, terminou em terceiro, com uma vitória a mais do que o Mirassol, também derrotado em Araraquara.

Na chave D, o Santos evitou o rebaixamento ao vencer o Água Santa por 3 a 2, mas não conseguiu a classificação, visto que o Santo André venceu a Inter por 2 a 0. Assim, é o Ramalhão que encara o RB Bragantino, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista-SP. O Peixe terminou na terceira posição, enquanto a Ponte, que empatou com o Ituano por 2 a 2, acabou carimbando seu rebaixamento.

Queda da Ponte

Com apenas 9 pontos em 12 rodadas, a Ponte Preta se juntou ao Novorizontino e irá disputar o Campeonato Paulista da Série A2. A campanha da equipe teve duas vitórias, três empates e sete derrotas. A Macaca teve também a pior defesa da competição, com 23 gols sofridos, o que foi fato determinante para a queda.

Durante a competição, o time não conseguiu render em jogos-chave, como no dérbi campineiro, no qual foi derrotada pelo Guarani por 3 a 0, e nas derrotas para o Palmeiras, por 3 a 0, na estreia, para o São Paulo, de virada, no último minuto do jogo, por 2 a 1, e para o Corinthians, em que sofreu uma goleada de 5 a 0. No duelo direto contra o Água Santa, em casa, também foi derrotada, com falha do zagueiro Dedé.

A torcida criticou muito a manutenção de Gilson Kleina no cargo para este ano, após uma Série B ruim, na qual a equipe quase foi rebaixada. O técnico foi desligado na oitava rodada, após o clássico de Campinas e trocado por Hélio dos Anjos, que manteve a escalação que vinha atuando.

Outro problema grave foram as contratações que não deram o retorno esperado. A Macaca apostou em jogadores de nome, mas em fases de queda na carreira, como Dedé, que não atuava havia dois anos por problemas físicos e que acabou jogando apenas duas partidas e cometendo erros graves em ambas. Outros nomes criticados pela torcida foram o de Matheus Jesus e de Wesley. Apenas Leo Naldi e Lucca, artilheiro da equipe, foram poupados.

Brasil está no Top 3 das camisas mais caras de futebol

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.