Até que enfim Neymar é assunto pelo que fez dentro de campo

Jogador se destaca pelo PSG e ganha aplausos da torcida

Yoan Valat/EFE - 12.1.2020

A torcida do Paris Saint Germain não pôde comemorar a vitória diante do Mônaco pelo campeonato francês. 

Mas, pelo menos, viu um Neymar mais disposto e aguerrido em campo.

O brasileiro foi o destaque do jogo, marcando dois gols e finalizando no terceiro, que acabou desviando e sendo anotado como gol contra.

Além disso, teve que mudar um pouco o jeito de atuar, por causa de uma mudança tática.

O treinador Thomas Tuchel apostou num esquema com quatro atacantes.

Para que isso seja possível, é necessário que os homens de frente ajudem mais na marcação, para não sobrecarregar os jogadores de meio-campo.

Por causa disso, o que se viu foi um Neymar voltando pra marcar, dando carrinho e mostrando uma participação coletiva rara de se ver.

Ele realmente se apresentou bem coletivamente.

Não foi aquele Neymar que só pensa em jogadas individuais e em resolver tudo sozinho, como estamos acostumados a ver.

Resumindo, presenciamos um Neymar mais disposto em campo.

Disposto a ficar de bem com a torcida, disposto a fazer dar certo um esquema tático diferente.

Disposto até a dar entrevista.

Depois da partida, ele bateu um longo papo com os jornalistas presentes no Parque dos Príncipes.

Evidentemente que se ele tivesse jogado mal e sido vaiado, talvez não demonstrasse o mesmo entusiasmo em conversar com ninguém.

Mas, falou sobre vários assuntos. Entre eles, de seleção brasileira.

Deixou claro que gostaria de jogar a Copa América e Jogos Olímpicos de Tóquio pelo Brasil.

Mas sabe das dificuldades em ser liberado pelo clube francês.

Provavelmente, o PSG vai mandar ele escolher um dos torneios pra disputar.

É bom ver Neymar sorridente e jogando com alegria na fria Paris, depois de um agitado final de ano na Bahia.

Bom pra seleção, que precisa dele.

Bom para o futebol de uma forma geral, que vai poder apreciar um jogador de uma qualidade técnica indiscutível.

A única coisa que atrapalha o Neymar é ele mesmo.

Mas, quando se mostra focado e determinado, continua sendo um dos melhores do mundo.

Todos aqueles que gostam de um futebol inteligente e bem jogado, torcem para que o Neymar tenha um ano de 2020 iluminado.

Sem contusões dentro de campo, nem confusões fora dele.

Até agora, o que dá pra dizer é que as boas energias da Bahia fizeram muito bem pro craque.

Até a próxima.