Cosme Rímoli 'Você é mal-educado.' A raiva domina Vítor Pereira. Ao ser perguntado se quem manda na sua casa é ele ou a esposa

'Você é mal-educado.' A raiva domina Vítor Pereira. Ao ser perguntado se quem manda na sua casa é ele ou a esposa

O treinador corintiano não se controlou aos ser indagado se voltará para a Europa por conta da mulher. Ele ficou irado. Não quis passar por marido dominador ou submisso

  • Cosme Rímoli | Do R7

Vítor Pereira não quer que sua mulher seja a 'culpada' por sua saída do Corinthians

Vítor Pereira não quer que sua mulher seja a 'culpada' por sua saída do Corinthians

Corinthians

São Paulo, Brasil

O Corinthians perdeu a chance de sonhar em ser campeão brasileiro.

Caiu diante de sua torcida para o Fluminense por 2 a 0.

Deu a possibilidade de o Palmeiras ganhar mais um título.

Se não fosse pelo Inter, o troféu já seria do rival.

A equipe corintiana foi dominada pelo time carioca, de Fernando Diniz.

Mas nada disso chamou mais atenção do que Vítor Pereira.

Mais uma vez ele não quis responder se ficará no clube em 2023.

Inúmeros conselheiros da oposição garantem: o presidente Duilio, que estava na coletiva desta madrugada, sabe que o português deixou encaminhada sua saída.

E por conta de sua família, que deseja voltar para a Europa.

A notícia já vazou.

Mas o assunto que dominou o estádio em Itaquera após a partida foi a irritação que dominou Vítor Ferreira, ao ser perguntado, de maneira original, se ele ficará ou não no Parque São Jorge na próxima temporada.

"A informação que temos é que sua esposa quer que você vá embora, mas você quer ficar. Quem manda na sua casa?", perguntou Marco Bello, repórter da rádio Transamérica.

O técnico corintiano ficou possesso.

"Meu amigo... Como sou mais educado do que o senhor, não vou responder. Percebe? Os meus pais me deram educação, e não vou responder. É mal-educado. É um assunto que não tem a ver com o futebol. Não respondo nem uma palavra. O respeito que teve por mim é o respeito que tenho por você."

O clima na sala de coletiva ficou péssimo, com o treinador visivelmente nervoso com a pergunta.

"Não é que a mulher manda ou deixa de mandar. Minha mulher anda há 12 anos fora de casa, e as decisões quem toma sou sempre eu. Ela fica com os filhos. Não admito esse tipo de comentário. É falta de educação, falta de respeito."

A diretoria corintiana sabe que o treinador está muito propenso a voltar para a Europa. Até para poupar sua família, que deseja que retorne a Portugal. Ele tem três filhos.

Mas Vítor Pereira não quer "jogar a culpa" do fim de ciclo no Corinthians em cima de sua esposa.

Muito menos se mostrar um marido submisso.

Na Europa, há muito respeito pela família dos treinadores e dos jogadores.

O técnico se sentiu tremendamente exposto.

E decidiu que não tratará mais do tema "saída ou não do Corinthians".

Até que o Brasileiro termine.

"Não falo mais sobre isso. Se põe outro, se me troca, isso não é comigo. Querem fazer disso uma novela. Programa esportivo que rende. Estou preocupado com quais são os jogadores disponíveis para o jogo com o Goiás."

"Se já estão buscando outro para o meu lugar, não é problema meu. Só volto a falar disso no fim da temporada, quando os objetivos do clube estiverem cumpridos", desabafou, irritadíssimo...

Mbappé lidera ranking com maiores contratos da história do esporte; confira os nomes

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas