Cosme Rímoli 'Tríplice coroa do mal', três finais perdidas.Acabou a paz no Palmeiras

'Tríplice coroa do mal', três finais perdidas.Acabou a paz no Palmeiras

Abel Ferreira é o principal afetado com as decisões perdidas. O clube vai até preservar o técnico. Evitar que fale tanto com a imprensa. Clima está tenso. Jamais o Palmeiras perdeu três finais no mesmo ano

  • Cosme Rímoli | Do R7

Abel Ferreira encarando Liziero. Técnico está com os nervos à flor da pele

Abel Ferreira encarando Liziero. Técnico está com os nervos à flor da pele

Reprodução/Sportv

São Paulo, Brasil

"O Palmeiras não tem Mundial. Não tem Copinha. Não tem Mundial."

Música mais cantada no vestiário do São Paulo, após a conquista do título paulista, ontem.

"O Palmeiras chegou à Tríplice Coroa em 2021. Três vices."

"Definida a cor do cheiro. É verde."

Essas duas 'piadas' dominaram as redes sociais durante a madrugada e manhã de hoje.

Jamais o Palmeiras, em toda sua história, perdeu três decisões no mesmo ano.

A pessoa mais irritada com essa desvalorização do clube é Abel Ferreira. O treinador português não se conforma pela maneira que seu trabalho está sendo avaliado. 

Seus nervos estão à flor da pela. Conselheiros e dirigentes palmeirenses já perceberam. Com apenas quatro anos de profissão, ele está se deixando levar pela pressão de vencer. 

A tomada de satisfação em Lizieiro em plena final do Paulista ontem, quando o são paulino dividiu com Rony, com direito à encarada, foi lastimável.

Demonstrou o quanto está difícil para o treinador se controlar. Ele poderia ter sido expulso aos nove minutos de jogo!

A tese que os jogos acumulados, a falta de reforços, a 'obrigação de conquistas' com o elenco caríssimo que possui, pesam.

"Prefiro chegar às finais. Para isso é preciso trabalhar, ter competência, ter uma equipe focada. Nós temos estado em todas as finais das competições, e quem quiser criticar, pode criticar. Temos que olhar o copo meio cheio", disse, ontem, tenso.

A desvalorização da conquista do rival também não pegou bem. Apenas desgastou sua imagem.

"Se formos analisar a primeira parte de forma séria e honesta intelectualmente vemos que fomos melhores. Futebol é isso, um chute que vai na direção da bandeira do escanteio e entra na nossa baliza.

"Nosso adversário não foi melhor do que nós em nada.

"Não criou mais oportunidade do que nós, não transitou mais do que nós, não teve ataque posicional melhor do que nós...", garantiu.

A alegria da conquista da Libertadores já se dissipou. As derrotas nas três finais pesam

A alegria da conquista da Libertadores já se dissipou. As derrotas nas três finais pesam

Conmebol

Abel ganhou a Libertadores e a Copa do Brasil. Mas perdeu as decisões da Supercopa do Brasil, a Recopa Sul-Americana e, agora, o Paulista.

A diretoria do Palmeiras está muito satisfeita com seu trabalho. Mas está preocupada.

Tanto que Abel Ferreira deverá falar menos com a imprensa. Tornar mais constante a presença de seus auxiliares nas coletivas após os jogos.

A intenção é preservar, dar o máximo de tranquilidade ao técnico.

A boa notícia está na tentativa antecipação da renovação de contrato de Rony. Palmeiras e os empresários discutem. A proposta palmeirense é aumentar seu salário, tornar mais alta a multa rescisória e extender o contrato até 2025.

E a diretoria está fazendo o que não queria. 

O Alavés, a CBF, a Federação Espanhola e o Palmeiras mandaram os documentos de devolução de Deyverson.

O clube oficializou a volta do atacante. Para Abel Ferreira definir se o utilizará ou não na Libertadores.

Deyverson acaba de ter publicada a sua inscrição pelo Palmeiras na CBF

Deyverson acaba de ter publicada a sua inscrição pelo Palmeiras na CBF

Reprodução

Deyverson é um atleta com contrato até o meio de 2022 e, problemático, tem prós e contras. Mas se trata de jogador alto, 1m87, com capacidade de fazer o pivô, bom no cabeceio. Características que faltam aos seus atacantes.

Mas os dirigentes têm restrições ao seu comportamento. Como expulsões banais, infantis.

Em compensação, como o blog antecipou, não houve a volta de Dudu.

Apesar de o Al Duhail não efetivar a compra do jogador, seu empresário André Cury ainda tenta encontrar um clube do Exterior interessado no atacante. Para que Dudu faça sua última transação lucrativa, já que tem 29 anos.

A antecipação de renovação de Rony está sendo tentada para alívio de Abel

A antecipação de renovação de Rony está sendo tentada para alívio de Abel

Cesar Greco/Palmeiras

Abel Ferreira foi avisado desde que ficou certo que o clube do Catar não efetivaria a compra de Dudu que só contasse com ele só a partir de primeiro de julho. Se não for vendido. Porque o empréstimo dele ao Duhail termina só no dia 30 de junho.

Mesmo com o clube em férias, Dudu não quis pedir a antecipação do retorno. Porque não quer criar zona de conflito. Com a não efetivação da compra, ele tem direito a uma multa de 2,5 milhões de euros, cerca de R$ 16,3 milhões, a ser paga pelo time catari.

Essa indefinição irrita, atrapalha os planos de Abel. Trava o Palmeiras. Porque o clube não pode comprar um jogador experiente para as beiradas do campo, como o técnico quer, tendo a chance de voltar a contar com Dudu.

O Palmeiras já voltará a campo na quinta-feira, no Allianz Parque, contra o Universitario, do Peru. Já classificado em primeiro no grupo A, a briga é para conseguir ficar em primeiro na classificação geral.

Dudu só em julho. Mas Deyverson já estará à disposição. Basta Abel quiser integrá-lo

Dudu só em julho. Mas Deyverson já estará à disposição. Basta Abel quiser integrá-lo

Cesar Greco/Palmeiras

E a estreia no Campeonato Brasileiro é cruel.

O Flamengo, no Maracanã, domingo.

Não há tempo, portanto, para ficar lamentando a indesejada Tríplice Coroa do Mal, os três campeonatos que o Palmeiras perdeu em seguida.

Feito inédito na história do clube.

E que deixaram o clima tenso no Palestra Itália...

Últimas