Cosme Rímoli Sonolento, Corinthians não vence time misto do Santos. 1 a 1

Sonolento, Corinthians não vence time misto do Santos. 1 a 1

O time de Coelho completou quatro partidas seguidas sem vitórias. Desperdiçou mais dois pontos contra o Santos repleto de reservas. Outro jogo péssimo

  • Cosme Rímoli | Do R7

Falha absurda do goleiro João Paulo. Deu de presente o empate, na cabeçada de Avelar

Falha absurda do goleiro João Paulo. Deu de presente o empate, na cabeçada de Avelar

Danilo Fernandes /FramePhoto/Folhapress 07.10.20

São Paulo, Brasil

De nada adiantou o agressivo protesto da torcida.

Foram os inúmeros desfalques do Santos e uma falha bizarra do goleiro João Paulo salvaram o Corinthians. Não a pressão da Gaviões da Fiel.

Mesmo jogando na sua arena, o time de Coelho apenas empatou com a equipe mista santista, em 1 a 1. 

Gols de Madson e Avelar no primeiro tempo.

Foi a quarta partida seguida sem vitória do Corinthians.

"Tenho certeza que o início não foi como esperávamos, levamos um gol cedo. Depois agredimos mais, Coelho fez ajustes no intervalo, tivemos bastante a bola,, faltou paciência no último terço para concluir no gol.

 "Prefiro não opinar sobre protesto, vou seguir trabalhando, a confiança é a mesma, buscando evolução para ajudar o Corinthians", disse, abalado, Fagner.

O experiente lateral foi muito xingado ontem no protesto da organizada.

"A gente estava desfalcado, mas quem entrou ajudou bastante. Fizemos um bom jogo, o empate vai ajudar lá na frente", disse, sincero, Pituca.

A equipe corintiana outra vez não jogou bem.

Foi quase inexistente no ataque. 

A falta de talento se juntou à fraca articulação, movimentação.

Outro jogo sonolento que manteve o Corinthians flertando com a zona do rebaixamento.

Coelho outra vez não conseguiu montar uma equipe ofensiva. Corinthians sonolento

Coelho outra vez não conseguiu montar uma equipe ofensiva. Corinthians sonolento

Corinthians

O Santos atuou sem seu técnico Cuca suspenso.Alison, Lucas Veríssimo e Marinho contundidos. Soteldo, na Seleção Venezuelana, Arthur Gomes, suspenso, Sánchez com ruptura no ligamento do joelho, Raniel, trombose.

Mais Vladmir se recuperando de cirurgia no pé. E Renyer, recuperação de operação no joelho.

Cuquinha montou um arremedo de time. 

E surpreendeu.

Marcando forte o Corinthians na saída de bola, no início do jogo. Tomando a iniciativa, dominava o meio de campo, criava chances.

Até que aos dez minutos, Jean Mota descobriu Madson na pequena área. Santos 1 a 0.

O Corinthians seguia sem rumo. Faltou calma e objetividade para o improvisado time do litoral marcar mais gols.

Dominava completamente a intermediária. A entrada de Gustavo Mantuan não adiantou. Ele não foi capaz de 'acordar' Luan.

Fagner estava travado, como Lucas Piton.

A bola não chegava em Jô.

Estava tudo tranquilo para o Santos.

Até que um lance infantil favoreceu o Corinthians.

Aos 45 minutos do primeiro tempo.

A bola parada chegou em Gil, Luan Peres desviou para o alto. 

João Paulo demorou para sair do gol, pensou que Gil tivesse feito falta. E entrou muito lento na bola. Avelar foi mais rápido e ganhou de cabeça, disputando com o goleiro com os braços.

E cabeceou para as redes.

Gol legal, apesar das reclamações santista.

No segundo tempo, jogo travado, com o Santos improvisado cansado.

Empate confirmado.

Jogo maçante, com a bola longe das grandes áreas. Empate mais do que merecido

Jogo maçante, com a bola longe das grandes áreas. Empate mais do que merecido

Santos

Mais dois pontos preciosos desperdiçados pelo Corinthians.

O clube, em 42 pontos dispuatos, conseguiu apenas 15 pontos.

Segue perto dos quatro últimos.

O clube precisa de um treinador vivido.

Coelho ainda não está pronto.

É técnico para o sub-20...

Quem é Fernando? Jogador está no centro da prisão de amigo na Rússia

Últimas