Cosme Rímoli "Estagiário de Guardiola." Fla assume erro e desprezo por Dome

"Estagiário de Guardiola." Fla assume erro e desprezo por Dome

Treinador criticou a diretoria do Flamengo. Mas o ex-auxiliar, por 11 anos, de Guardiola, teve resposta. "Estagiário..."

  • Cosme Rímoli | Do R7

Dome esperava ficar cinco anos no Flamengo. Foi despachado em três meses

Dome esperava ficar cinco anos no Flamengo. Foi despachado em três meses

Alexandre Vidal/Flamengo

São Paulo, Brasil

" O Flamengo é o maior e mais importante clube da América do Sul, com 40 milhões de seguidores.

"Se você perder um jogo, tudo será um desastre!

"Os diretores tinham ideias diferentes.

"Alguns queriam Dome como treinador, outros Jürgen Klopp ou outra pessoa. É assim que funciona no Brasil.

"Minha equipe técnica e eu não sabíamos disso quando chegamos lá. Mas depois de algumas semanas, já estava claro para nós: se perdermos um ou dois jogos, iríamos embora."

"Na época da minha demissão, estávamos apenas um ponto atrás dos líderes do campeonato (Brasileiro), estávamos nas quartas de final da Copa do Brasil e lideramos o nosso grupo na Copa Libertadores. E tudo isso em uma fase em que vários jogadores não estavam disponíveis para nós devido ao covid-19. Uma vez tivemos 19 casos positivos.19!

"Na Europa, o jogo nem teria sido cancelado. Tínhamos que jogar de qualquer maneira. Apenas três dos nossos onze jogadores eram titulares."

No mesmo dia que Pep Guardiola conseguiu a excelente virada do Manchester City contra o PSG, em plena Paris, pela semifinal da Champions League, o desempregado Domenèc Torrent mostrou todo seu rancor, sua mágoa por ter sido mandado embora do Flamengo, depois de apenas três meses de trabalho.

Ele falou ao portal alemão 'Spox'.

Evidente que ele não explicitou seu fraco trabalho, com o time resolvendo a maioria das partidas graças ao talento individual dos atletas. Não ao frágil esquema de Domènec, com sua extrema dificuldade em se comunicar com o time, em se impor como comandante.

Nem lembrou que sua primeira declaração foi que desejava ficar cinco anos no Flamengo.

Foi despachado em três meses.

Mas descontada a tristeza pelo desprezo dos dirigentes rubro negros, há a verdade incontestável.

Domenèc Torrent nunca teve apoio integral da diretoria. Contratação foi grave erro

Domenèc Torrent nunca teve apoio integral da diretoria. Contratação foi grave erro

Alexandre Vidal/Flamengo

Domenèc nunca foi unanimidade entre os dirigentes do Flamengo.

A sombra de Jorge Jesus era forte demais para que uma pessoa especializada em ser apenas auxilar, assumisse o comando do Flamengo.

Quando o vice de futebol, Marcos Braz, escolheu Domènec Torrent, ele usou como argumento principal que o treinador havia sido auxiliar por 11 anos de Pep Guardiola. Ficou implícito que ele seria o grande conselheiro tático do treinador do Manchester City.

A diretoria flamenguista ficou rachada, Domenèc chegou sob enorme desconfiança. E a instabilidade do time, mais duas goleadas sofridas, 4 a 1 para o São Paulo e 4 a 0 para o Atlético Mineiro, selaram sua sorte na Gávea.

Mesmo com 63,8% de aproveitamento, com seu 'jogo posicional'.

Para deixar muito claro o que os dirigentes pensavam do técnico, o vice-presidente Rodrigo Abranches, finalmente pôde expor ontem no twitter.

"Bom cabrito não berra.

Já o estagiário do cabrito ....

Domenèc ficou 11 anos como auxiliar de Guardiola. Era assim que era visto na Gávea

Domenèc ficou 11 anos como auxiliar de Guardiola. Era assim que era visto na Gávea

Manchester City

Para grande parte da direção do Flamengo, o clube contratou um mero auxiliar de Guardiola, em 2020.

Se arrependeu e forçou sua demissão.

Demorou, mas a verdade veio à tona.

Metade da diretoria não respeitava Dome como treinador.

E ele sabia disso.

Para aumentar seu rancor, o Flamengo levou três meses para pagar sua multa de R$ 11 milhões.

Daí a mágoa explicitada ontem... 

Spa e vista de tirar o fôlego: veja imóvel de R$ 38 milhões de Messi

Últimas