Cosme Rímoli Corinthians, com dívida de R$ 1,6 bilhão, 'desiste' de Gabigol. Acusação de ele ter fraudado exame antidoping é a desculpa perfeita

Corinthians, com dívida de R$ 1,6 bilhão, 'desiste' de Gabigol. Acusação de ele ter fraudado exame antidoping é a desculpa perfeita

O presidente eleito Augusto Melo conseguiu seu objetivo. Desviou o foco da dívida bilionária do Corinthians logo após a sua eleição falando de Gabigol. Sempre soube: não havia como pagar o midiático jogador do Flamengo

  • Cosme Rímoli | Do R7

Acusação de fraude no exame antidoping. Corinthians teve a desculpa perfeita para desistir de Gabigol

Acusação de fraude no exame antidoping. Corinthians teve a desculpa perfeita para desistir de Gabigol

Marcelo Cortes/Flamengo

São Paulo, Brasil

A acusação de que Gabigol teria fraudado um exame antidoping feito em abril, o que pode, na pior das hipóteses, levar a uma suspensão de quatro anos, chegou ao Parque São Jorge.

E teve um efeito colateral inesperado.

Tornou-se a desculpa ideal para o presidente eleito Augusto Melo desistir do jogador.

Foi a saída, depois de o dirigente conseguir pautar manchetes de portais, jornais, matérias em inúmeros programas esportivos.

"Gabigol tem a cara do Corinthians. Não chegou [a proposta] ao atleta e procurador. Foi um telefonema com o Braz para saber se posso conversar com ele [Gabigol]. Sei do interesse deles em um jogador nosso e temos em outros deles.

"Falaram que podemos conversar, por que não entram em negociação? Se não sair, pode assinar um pré-contrato em seis meses. Queremos ética, sem desavença. Minha ética vai ser sempre  essa, direto com presidente e depois com atleta e procurador", disse Melo à ESPN/Brasil, antes de saber sobre a acusação de fraude no exame antidoping.

No Parque São Jorge, conselheiros que apoiam Melo sabem que o clube paulista não tem dinheiro para sonhar com o atacante, que recebe R$ 2,1 milhões mensais.

E ele pediu ao Flamengo que antecipasse a renovação até 2028, nada menos do que R$ 54 milhões em luvas. E mais R$ 2,5 milhões mensais.

A pedida valerá para qualquer clube em que for jogar.

O diretor financeiro, escolhido por Melo, será Rozallah Santoro.

E ele já foi categórico: a dívida do Corinthians é de R$ 1,6 bilhão.

O Corinthians terminará 2023 com R$ 850 milhões em dívidas. A dívida, em relação à arena, de acordo com Rozalla, é de R$ 1,25 bilhão. Somadas às receitas, o clube deve R$ 1,6 bilhão.

Houve comemoração com a dispensa de Renato Augusto, Gil, Cantillo, Giuliano e a aposentadoria de Fábio Santos. São menos R$ 6 milhões mensais. As saídas foram já opções de Melo.

Melo precisava de um alvo capaz de trazer otimismo, mesmo que temporário, para sua eleição. Gabigol

Melo precisava de um alvo capaz de trazer otimismo, mesmo que temporário, para sua eleição. Gabigol

José Manoel Idalgo/Ag.Corinthians - 25.11.2023

Ou seja, toda a cúpula da nova diretoria que apoiou Melo era contra a ideia de Gabigol.

Muitos sabiam que Melo estava apenas desviando o foco dos problemas corintianos, principalmente da dívida.

Mas a história estava ganhando proporções.

A ponto de o dirigente ser cobrado por conselheiros, sonhando mesmo com Gabigol.

A alegação é que ele poderia ser o "novo Ronaldo", relembrando a passagem do atacante pelo Corinthians entre 2009 e 2011. Só que não há empresas interessadas em bancar o salário do atacante flamenguista, que passou o pior ano da carreira no Brasil, em 2023.

Melo tinha de arrumar uma desculpa para desistir do atacante.

Saída de Renato Augusto foi decisão de Melo. Por economia. Folha de pagamento será contida em 2024
Saída de Renato Augusto foi decisão de Melo. Por economia. Folha de pagamento será contida em 2024 Corinthians

E ela veio com a ameaça a Gabigol de punição por tentativa de fraudar um exame antidoping.

Já ontem à tarde, as mensagens de "inviabilidade" de Gabigol chegavam a conselheiros do Corinthians.

Por dias, Melo conseguiu passar a imagem de um dirigente ousado.

E que o Corinthians poderia voltar a ter um Ronaldo Fenômeno.

O balão de ensaio veio à terra.

Com uma desculpa mais que aceitável, o Corinthians "desiste" de Gabigol.

O atacante que não poderia pagar...

Gabigol: acusação de fraudar exame antidoping é só a nova polêmica do atacante; veja outras

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas