Cosme Rímoli Afogado em dívidas, Vasco negocia Marrony por 10% que sonhava

Afogado em dívidas, Vasco negocia Marrony por 10% que sonhava

Elenco fraco prejudicou o promissor jovem atacante. Em vez dos R$ 197 milhões desejados, o Atlético Mineiro está fechando por R$ 19,7 milhões

  • Cosme Rímoli | Do R7

Esperança frustrada de faturar R$ 197 milhões pelo promissor Marrony

Esperança frustrada de faturar R$ 197 milhões pelo promissor Marrony

Vasco

São Paulo, Brasil

Era fevereiro de 2019.

A diretoria do Vasco estava exultante.

Havia acabado de antecipar a renovação de Marrony.

Até 2023.

Os dirigentes fixaram a multa do seu contrato em 35 milhões de euros.

Eram R$ 164 milhões.

Hoje, R$ 197 milhões.

Liverpool, Porto, Newcastle, Sevilla, Sporting.

Um deles pagaria a centenária rescisão de contrato, apostava o presidente Alexandre Campello.

Só que o futebol irregular do jovem atacante, preso a um elenco muito fraco, desanimou os interessados.

Os observadores de clubes europeus trataram de riscar o nome Marrony.

Chegou 2020. E com ela, a pandemia.

A situação financeira vascaína está terrível.

Os atrasos salariais são constantes.

Havia duas soluções.

Vender Talles Magno ou Marrony.

A direção resolveu manter Talles, de 17 anos, e multa de 40 milhões de euros, cerca de R$ 225 milhões.

E negociar o jogador de 21 anos.

Só que a única proposta concreta que apareceu foi do Atlético Mineiro.

Nada de 35 milhões de euros.

Nem de longe, R$ 197 milhões.

10% da sonhada quantia.

Marrony surgiu com enorme potencial. Mas o fraco elenco do Vasco o atrapalhou

Marrony surgiu com enorme potencial. Mas o fraco elenco do Vasco o atrapalhou

Reprodução Instagram

3,5 milhões de euros, R$ 19,7 milhões.

E desse dinheiro, o Volta Redonda tem direito a R$ 2,7 milhões.

Ou seja, para o Vasco, R$ 17 milhões.

Campello lamenta, mas é a única solução que encontrou.

O clube já deve mais de R$ 400 milhões.

Os atrasos salariais dos atletas são constantes.

Veja mais: Dirigentes do Cruzeiro, deram 'de novo' direitos de Messinho. 11 anos

Houve a necessidade de pagar, de forma apressada, R$ 581 mil para Marrony, para encaminhar sua ida ao Atlético.

A venda da jovem esperança, por 10% do desejado, tem uma cruel explicação em São Januário.

Sobrevivência...

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Dia dos Namorados: veja atletas que exibem suas paixões com orgulho

Últimas