Palmeiras

Cosme Rímoli A revolta de Abel. Tudo favorece o Flamengo na final da Supercopa 

A revolta de Abel. Tudo favorece o Flamengo na final da Supercopa 

O treinador português não se conforma com duas decisões de títulos em sete dias. O Palmeiras não está preparado. E ainda precisa de reforços

  • Cosme Rímoli | Do R7

Abel sabe. Está em desvantagem física e técnica contra o Flamengo e Defensa y Justicia

Abel sabe. Está em desvantagem física e técnica contra o Flamengo e Defensa y Justicia

Cesar Greco/Palmeiras

São Paulo, Brasil

"Falo português e sou muito claro.

"Já fui muito claro quanto a isso.

Não vou tocar mais na tecla.

Vou olhar os que tenho e foram esses que ajudaram.

"Gostaria de um ponta esquerda, de um centroavante.

"Mas é com esses guerreiros que conto e estou satisfeito."

"Façam o que quiserem... Marquem jogos quando quiserem. Não queremos saber, só queremos jogar. Se acham melhor ter a Recopa com uma Supercopa no meio, não há problema... Estamos aqui para jogar e para ganhar. Descansar a gente descansa quando formos mais velhos."

As palavras de Abel Ferreira, após a vitória injusta contra o Defesa y Justicia, ontem, na Argentina, repercutiram na direção palmeirense.

O presidente Mauricio Galiotte quer que Anderson Barros resolva de vez a questão Ademir, atacante canhoto, do América Mineiro, pedido pelo treinador.

E que aumente a proposta de R$ 3,5 milhões por 70% dos direitos do atleta.

O América quer vender 100% do jogador, por R$ 6 milhões.

Barros também tem a missão de buscar um 'centroavante', jogador de presença na área. Não está fácil. Porque Galiotte quer um atleta com potencial para ser vendido no futuro. Não um veterano.

E na diretoria e Conselho Deliberativo ficou ainda mais claro que o Palmeiras deveria ter lutado na CBF. Para que a final da Supercopa do Brasil não acontecesse no meio da decisão da Recopa Sul-Americana.

O elenco principal voltou a treinar no dia 2, depois da extenuante temporada 2020, está completamente sem ritmo. Este foi um dos maiores motivos do sofrimento ontem, diante de uma equipe inferior, mas muito melhor fisicamente, no tempo de bola e pronta, já que está há dois meses atuando direto.

Abel sabe que o Palmeiras estará novamente em desvantagem no domingo, contra o Flamengo, pela Supercopa do Brasil.

Abel Ferreira está irritado. Cansou de pedir à diretoria um ponta esquerda e um centroavante

Abel Ferreira está irritado. Cansou de pedir à diretoria um ponta esquerda e um centroavante

Cesar Greco/Palmeiras

Os titulares de Rogério Ceni saíram de folga e voltaram para treinar no dia 15 de março. Ou seja, têm 18 dias de vantagem física e técnica sobre o time paulista.

Até ele mesmo admitiu que está fora de ritmo.

Demorando demais para trocar seus meio-campistas Felipe Melo, Zé Rafael e Raphael Veiga, ontem na Argentina. O que quase custou a vitória palmeirense.

Além disso, há a silenciosa revolta pela partida acontecer às 11 horas da manhã, do domingo, em Brasília. 

A previsão de tempo é que, entre meio-dia e uma da tarde, o segundo tempo aconteça com 27 graus, com pouca 54% de umidade.

Muito pior para o time que não está bem fisicamente.

Abel Ferreira está tenso.

Precisa de dois jogadores no ataque com características daqueles que possui. Para ter mais opções ofensivas, já que os adversários decoraram como o Palmeiras, campeão da Libertadores, ataca. Preferencialmente com bolas longas, muita velocidade. Forçando o lado que Rony está.

E também precisava de mais tempo entre as duas decisões.

São dois títulos inéditos que o Palmeiras luta.

E que por falta de força política terá de jogar as três partidas fundamentais, com viagens São Paulo até a Argentina, Argentina até Brasília, em sete dias.

Flamengo venceu a Supercopa do Brasil em 2020. Chegará melhor que o Palmeiras na decisão

Flamengo venceu a Supercopa do Brasil em 2020. Chegará melhor que o Palmeiras na decisão

Flamengo

Com a responsabilidade de vencer.

Abel sabe.

A cobrança recairá sobre ele, em caso de fracasso.

A vantagem contra o Defesa y Justicia, de poder até empatar, na próxima quarta-feira é algo muito considerável.

Mais difícil será o Flamengo, no domingo.

O treinador está muito preocupado.

E sabe, a vantagem está toda com o time de Ceni...

Neymar e Mbappé brilham e PSG vence Bayern; Chelsea bate Porto

Últimas