Lance Temporada inesquecível do Galo iguala feito do rival Cruzeiro em 2003

Temporada inesquecível do Galo iguala feito do rival Cruzeiro em 2003

O alvinegro conquistou Campeonato Mineiro, Brasileiro e Copa do Brasil, assim como fez a Raposa, que não detém mais  a hegemonia no Estado

Lance
Lance

Lance

Lance

Há pouco tempo o torcedor atleticano era obrigado a ouvir em cada debate com o maior rival que não tinha um bicampeonato para comemorar. Isso acabou com o título do Campeonato Brasileiro de 2021. Agora, com a taça da Copa do Brasil, prestes a ser conquistada sobre o Athletico, além de acabar com mais uma piada, a equipe alvinegra iguala um grande feito do Cruzeiro.

Em 2003, sob a batuta de Vanderlei Luxemburgo, guiado por Alex, o Cruzeiro encantou o Brasil. Foi o time a ser batido, com partidas impressionantes, jogos inesquecíveis e marcas incríveis. Aquela equipe conquistou o Campeonato Mineiro com facilidade, mas se destacou de verdade no Brasileirão e Copa do Brasil.

Na primeira edição do Campeonato Brasileiro por pontos corridos a Raposa chegou a impressionantes 100 pontos. Até a atual edição o Cruzeiro não foi superado. Vale lembrar que na ocasião o Brasileirão era disputado por 24 times, portanto, 46 jogos ao invés de 38 rodadas como atualmente.

O grupo de Luxemburgo ainda marcou 102 gols no total daquele Campeonato Brasileiro. Foi superado pelo Santos de 2004, que anotou 103 tentos.

Aquela Raposa de 2003 ainda conquistou a Copa do Brasil de maneira avassaladora, vencendo o Flamengo. O primeiro duelo disputado no Rio de Janeiro terminou em 1 a 1. Na partida de volta, a Raposa venceu por 3 a 1, com gols de Deivid, Aristizábal e Luisão. Fernando Baiano descontou para Rubro-Negro carioca.

Segundo melhor aproveitamento

O Atlético-MG finalizou o Campeonato Brasileiro de 2021 com o segundo melhor aproveitamento na era dos pontos corridos.

O Galo tem 73%, com 84 pontos. Perde apenas para o Flamengo de 2019, que terminou o torneio com 79% de aproveitamento, com 90 tentos somados.

O Atlético, inclusive, superou o aproveitamento do Cruzeiro de 2003 que teve 72% de aproveitamento.

E a camisa?

Com as três taças confirmadas, com o feito do Cruzeiro já igualado, o Atlético agora tem outro debate e ele tem gerado muita polêmica nas redes sociais: colocar ou não o símbolo da tríplice coroa na camisa? O clube quer chamar as conquistas de Triplete Alvinegro e não Tríplice Coroa.

Últimas