Lance R10 Team: estrutura e profissionalismo levam equipe à elite do Fifa

R10 Team: estrutura e profissionalismo levam equipe à elite do Fifa

Com menos de dois anos de existência, atletas da organização já ocupam posições no topo do ranking

Lance
Lance

Lance

Lance

Que Ronaldinho Gaúcho foi um craque dentro de campo, todo mundo sabe. Mas que o bruxo está dando show no Fifa, ainda é novidade para muita gente. Criada em outubro de 2019, a R10 Team tem, hoje, seis pro-players no XBox e seis no PlayStation 4.

No XBox, o domínio da R10 Team é absoluto nessa temporada. Nas três primeiras posições do ranking continental estão atletas da equipe: PHzin, Rampazzo, Gabrielpn ocupam, respectivamente, o primeiro, segundo e terceiro lugares. Ainda no top 16, Ícaro Rezende e Fineto aguardam atualização do ranking para saberem suas posições exatas. Dezesseis é a quantidade de atletas que se classificam para os playoffs do Mundial.

No PlayStation, são três jogadores da R10 entre os 32 que avançam para o torneio, que está previsto para julho: Vega é o oitavo, Toniotti o 11° e Muka o 21°. Com o resultado do último circuito, o player MH deve garantir um espaço entre os 32. A próxima atualização da tabela será no dia 13 deste mês.

Gaming house possui estrutura acima da média no cenário brasileiro (foto: Max Peixoto)

Gaming house possui estrutura acima da média no cenário brasileiro (foto: Max Peixoto)

Lance

Gaming house possui estrutura acima da média no cenário brasileiro (foto: Max Peixoto)

A seriedade do trabalho é, sem dúvidas, um dos fatores que levam a equipe ao sucesso. No ano passado, o time inaugurou sua gaming house em Porto Alegre. No local, além da estrutura tecnológica para treinos, há psicólogos, fisioterapeutas, massoterapeutas, nutricionistas, hipnólogo e estúdio de pilates. O espaço ainda não abriga os atletas de forma definitiva. Eles passam temporadas na casa para treinos e preparação para torneios importantes.

“A parceria do Ronaldinho com a ELIGASUL começou em 2018 e desde lá conquistamos títulos em seis países no PES, com destaque pro Mundial 2019. Quando entramos no FIFA, em 2019, pesquisamos muito o mercado e já de início obtivemos grande performance com a R10 Tram. Participamos de todos os eventos oficiais. Para essa temporada a R10 vem ainda mais forte, pra ser campeã no FIFA21. Nossa estrutura física em Porto Alegre é própria, e contamos com uma equipe multidisciplinar. Nosso trabalho vai além do treinamento. Enfoca também nos aspectos motivacionais, físicos e mentais”, avalia Renato Sá Neto, diretor do projeto.

Os atletas reconhecem o profissionalismo da equipe, e exaltam a estrutura:

“Durante uma semana fiquei na gaming house da R10 Team. Fiz vários treinos intensivos. Tive aulas com a massoterapeuta, consulta com psicóloga, fisioterapeuta, já fiz trabalho com hipnose. Isso é muito importante pra mim na minha carreira. Além disso tem a vivência com outros atletas, é muito bom, a gente sempre aprende coisas novas, trocamos informações. Assim todos evoluem”, disse o jogador Ícaro Rezende.Imagem

Os atletas MH, Danielzinho e Ícaro em sessão com a psicóloga Josele Scalco (foto: Max Peixoto)

Os atletas MH, Danielzinho e Ícaro em sessão com a psicóloga Josele Scalco (foto: Max Peixoto)

Lance

Os atletas MH, Danielzinho e Ícaro em sessão com a psicóloga Josele Scalco (foto: Max Peixoto)

A equipe é gerida pela organização ELIGASUL, que faz sucesso também no Pro Evolution Soccer. GuiFera, ex-atleta do Barcelona, bi-campeão Mundial e atual campeão do eBrasileirão, organizado pela Confederação Brasileira de Futebol, e Henrykinho, também ex-Barcelona e bi-campeão brasileiro, são dois dos principais nomes do time.

Últimas