Lance Quanto o Palmeiras arrecada com as vendas de Artur e Kevin?

Quanto o Palmeiras arrecada com as vendas de Artur e Kevin?

Verdão bateu meta de vendas para 2024 já em janeiro

Lance
Lance

Lance

Lance

O Palmeiras teve uma semana de negociações bem sucedidas com as vendas dos atacantes Kevin e Artur, para Shakthar Donetsk e Zenit, respectivamente. A arrecadação cumpre a meta de vendas estabelecida para o ano inteiro.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Com os quase R$ 80 milhões fixos ofertados por Artur e mais cerca de R$ 63 milhões de Kevin, o Verdão fechou operações que, juntas, ultrapassam R$ 140 milhões.

BÔNUS

Ambas as negociações possuem cláusulas de valores por bônus. Ou seja, se os atletas atingirem metas esportivas por seus novos clubes, as cifras da negociação aumentarão.

Pelo futebol de Artur, o Zenit pagará 15 milhões de euros (R$ 79,5 milhões) e ainda terá que desembolsar mais 3 milhões de euros (R$ 14 milhões) pelas metas. Como o Palmeiras tem 90% dos direitos do jogador, na conversão entraria R$ 72,4 milhões de reais nos cofres do clube que, somados aos bônus, podem se transformar em R$ 86,2 milhões.

Já no caso de Kevin, que tem negociação encaminhada com o Shakhtar, a proposta gira em torno de 12 milhões de euros fixos (R$ 64,4 milhões) e mais 3 milhões de euros (R$ 16,1 milhões) em bônus. Ou seja, é possível que a operação chegue a R$ 80,5 milhões.

Desse montante, o Verdão negocia para ter direito a 70%. Atualmente, 50% dos direitos econômicos de Kevin pertencem ao Palmeiras, e o Desportivo Brasil detém a outra metade.

Logo, com 70%, o Alviverde fica com R$ 45 milhões de reais fixos e mais R$ 11,2 milhões em bônus por metas, totalizando R$ 56,2 milhões.

RESUMO

Em valores fixos, sem bônus, o Palmeiras fica com R$ 117,4 milhões somando as duas vendas. Se todas as metas forem atingidas, as cifras sobem para R$ 144,7 milhões

Últimas