Lance Não é só Veron: Verdão planeja 2020 com mais garotos no profissional

Não é só Veron: Verdão planeja 2020 com mais garotos no profissional

Meia-atacante se destacou após ser eleito o melhor da Copa do Mundo sub-17, mas outros atletas estão sendo olhados pelo time profissional

Meia-atacante ganhou destaque após ser eleito o melhor jogador da Copa do Mundo sub-17, mas outros jogadores estão sendo olhados atentamente pelo time profissional

Gabriel Menino, Patrick de Paula e Angulo: garotos do Palmeiras em alta para 2020

Gabriel Menino, Patrick de Paula e Angulo: garotos do Palmeiras em alta para 2020

Lance

O Palmeiras tem uma diretriz definida para 2020: o elenco de Mano Menezes contará com mais jogadores das categorias de base. Gabriel Veron, eleito o craque da Copa do Mundo sub-17, ganhou holofotes, mas o clube conta também com outros garotos bem avaliados para a temporada que vem.

No sub-20, a dupla de volantes Patrick de Paula (20 anos) e Gabriel Menino (19) chama a atenção. Versáteis, eles se destacaram com gols na reta final tanto do Brasileiro quanto do Paulista da categoria. Patrick chegou ao clube como meia e tem atuado como primeiro meio-campista, com Menino mais adiantado. Ambos possuem, portanto, boa capacidade técnica.

Angulo, que convive com grande expectativa da torcida, voltou aos juniores e faz bons jogos, ainda que seu melhor momento tenha sido no primeiro semestre, na conquista da Copa do Brasil sub-20. Aos 20 anos de idade, o atacante colombiano é mais um dos que estão na linha de frente por uma oportunidade no time de cima.

Alan Guimarães, uma das promessas mais famosas do clube, ainda pode disputar no ano que vem a última temporada pelo sub-20, diferentemente de Patrick de Paula e Angulo, que farão 21 anos em 2020. O meia é um jogador que teve uma maturação física mais lenta, portanto pode se aproveitar de mais um ano de preparação na base.

Já Veron, aos 17 anos, tem sido cada vez mais falado por conta do desempenho no juvenil. Ele ganhou destaque no Brasil todo ao conquistar a Copa do Mundo sub-17 com a Seleção e ser eleito o melhor do torneio, com três gols marcados. Ele também foi considerado o craque do Mundial sub-17 de clubes, vencido pelo Palmeiras em 2018.

Considerado um atacante de força e também de velocidade, Veron disputou a Copinha de 2019 com o sub-20, mesmo com 16 anos de idade. No segundo semestre, até pensando na Copa do Mundo, o garoto voltou ao time sub-17 e conta com grande expectativa da torcida para ser usado logo.

Com desempenho tão destacado, Veron é um jogador que tem sido pauta nas discussões sobre o planejamento de 2020. O clube, porém, ainda estuda se o atacante subirá direto. No momento, a tendência é de que ele dispute a próxima Copa São Paulo, mas o martelo ainda não foi batido. Gabriel Jesus, por exemplo, só jogou a Copinha pelo sub-20 e logo se juntou ao profissional.

Dos garotos citados, todos têm contratos longos com o Verdão: Patrick de Paula até o fim de 2022, Gabriel Menino e Alan, até 2023, e Angulo, até 2024. O vínculo de Veron vence em outubro de 2021, mas pelo seguinte motivo: o primeiro contrato profissional de um jogador pode ser assinado aos 16 anos e tem duração máxima de três temporadas.

Em 2018, ao atingir a idade mínima, Veron renovou com o Palmeiras. Ele só pode discutir outra extensão ao completar 18 anos de idade, no fim de 2020.

Emprestados são também acompanhados

No fim do ano, uma leva de jogadores formados na base alviverde volta de empréstimo. São eles: o goleiro Vinícius Silvestre, o zagueiro Pedrão, o lateral-direito Matheus Rocha, os volantes Gabriel Furtado, Matheus Neris, e os atacantes, Airton, Léo Passos, Gabriel Leite, Wesley, Yan e Artur - este último com retorno praticamente garantido para 2020. Do grupo, só uma pequena parcela deve ser mantida para a próxima pré-temporada.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook. 

Eles podem render muita grana! Veja quanto valem joias do seu time