Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Real Madrid emite novo comunicado e repudia Federação Espanhola por falta de punições

Vini Jr sofreu mais um episódio de racismo na partida contra o Valencia, pela La Liga; brasileiro se manifestou pela primeira vez

Futebol|

Ancelotti também já se manifestou sobre episódio de racismo em Valencia
Ancelotti também já se manifestou sobre episódio de racismo em Valencia Ancelotti também já se manifestou sobre episódio de racismo em Valencia

O Real Madrid emitiu mais um comunicado oficial em relação ao caso de racismo sofrido por Vinícius Júnior na partida contra o Valencia, pelo Campeonato Espanhol. Na tarde desta segunda-feira (22), o clube criticou a postura dos árbitros e da Federação Espanhola durante a condução do problema.

Vinícius Júnior foi expulso após confusão no fim da partida, enquanto nenhum jogador adversário foi punido. A nota afirma que a vítima não pode ser responsabilizada pelo crime ocorrido e lamenta a imagem que o futebol espanhol passou.

O clube espanhol já havia se manifestado nesta segunda-feira (22) repudiando o episódio em Valencia. "O Real Madrid CF manifesta o seu mais veemente repúdio e condena os acontecimentos ocorridos ontem contra o nosso jogador Vinicius Júnior. O Real Madrid considera que tais ataques também constituem crime de ódio, razão pela qual apresentou a denúncia correspondente à procuradoria-geral do estado, especificamente à procuradoria contra crimes de ódio e discriminação, para que sejam os fatos investigados e apuradas as responsabilidades."

Leia também

Confira parte do comunicado oficial

"A imagem do nosso futebol está seriamente danificada e deteriorada aos olhos de todo o mundo. Sua passividade tem contribuído para a impotência e indefesa do nosso jogador Vinícius. Os árbitros, longe de agir com firmeza e aplicar os protocolos regulamentares, optaram na maioria dos casos por se inibir e evitar tomar as decisões que lhes correspondiam. Ainda ontem, o árbitro e os responsáveis ​​pelo VAR fugiram de suas responsabilidades e tomaram decisões injustas com base em imagens incompletas, não vistas na íntegra, tendenciosas e que levaram à expulsão direta do nosso jogador Vinicius Júnior.

Publicidade

Infelizmente, o que aconteceu ontem e a gestão que foi feita pelos árbitros e pelo VAR não percebemos como algo isolado, mas sim como algo que se repetiu em muitas de nossas partidas. A vítima que a sofre nunca poderá ser responsabilizada pelo crime.

· Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Publicidade

· Compartilhe esta notícia no Telegram

Por todas estas razões, estamos muito preocupados que nenhuma ação tenha sido tomada pela Federação Espanhola de Futebol durante todo este tempo, apesar dos óbvios e repetidos sinais de alarme que o nosso clube tem denunciado.

Publicidade

O Real Madrid espera que, dadas a gravidade da situação atual e a imagem que o futebol espanhol está oferecendo ao mundo, ações contundentes e imediatas sejam tomadas por todos aqueles que têm responsabilidades e poderes para combater esses flagelos que são o racismo, a xenofobia e o ódio. O nosso clube continuará a trabalhar para que os valores que sustentaram a nossa história continuem a ser um modelo de convivência e exemplaridade."

O que dizem as autoridades do Brasil

A ministra da Igualdade Racial, Anielle Franco, informou, nesta segunda-feira (22), que o Brasil vai notificar oficialmente as autoridades espanholas para que seja aberta uma investigação sobre a La Liga, responsável pelo torneio de futebol profissional espanhol, após um novo caso de racismo contra o jogador brasileiro Vinícius Júnior.

"A gente vai, através do Ministério Público, notificar para que seja investigada a La Liga e todos os casos. Não dá para a gente ficar só na coisa do 'repudiamos' e em nota sem ação concreta. Agora, a gente vai para cima com o Ministério Público de lá para que eles sejam notificados e investigados", disse Anielle.

Jornais esportivos na Espanha culpam Vinícius Jr. por caso de racismo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.