Futebol Pouco inspirado, Grêmio para no ferrolho defensivo do Juventude

Pouco inspirado, Grêmio para no ferrolho defensivo do Juventude

Tricolor dominou grande parte do confronto, mas não assustou o alviverde, que deixou aberta a disputa e impôs 3º jogo seguido sem vitória ao Grêmio

Tricolor dominou grande parte do confronto, mas não assustou de fato o time Jaconero, que deixou a disputa em aberto

 
Grêmio e Juventude fizeram um jogo morno

Grêmio e Juventude fizeram um jogo morno

Lance!

No Alfredo Jaconi, Juventude e Grêmio protagonizaram um duelo morno e com poucas chances. No fim o empate por 0 a 0 deixa tudo indefinido para a volta. Em caso de nova igualdade, a vaga será decidida nos pênaltis. Por outro lado, o time que vencer avança.

COSME RÍMOLI: Clima tenso no Qatar obriga FIFA a recuar. Copa com 32 seleções

O segundo jogo entre os rivais gaúchos acontece na próxima quarta-feira (29), na Arena Grêmio, em Porto Alegre.

O duelo

Diferente do encontro das quartas de final do estadual, quando o Grêmio massacrou o Juventude em pleno Jaconi, o time da serra veio com o sistema defensivo mais firme e cedia poucos espaços ao Tricolor. Por outro lado, quando tinha a posse de bola, a equipe de Marquinhos Santos agredia pouco.

Veja também: Bahia surpreende e vence São Paulo no Morumbi pela Copa do Brasil

Diante do ferrolho defensivo, o Grêmio encontrava dificuldades para criar, mas permanecia com a sua característica de trocar passes na intermediária.

Aos 32 e 36 minutos, o Tricolor finalmente levou perigo ao adversário. Na primeira, Everton arriscou de fora da área e Carné salvou com a ponta dos dedos. Pouco depois, Léo Moura cruzou, André escorou e Juninho Capixaba, sozinho, não aproveitou a bobeira da zaga Jaconera e mandou para fora.

Leia mais: Palmeiras decepciona, mas arranca vitória no Maranhão

Na etapa final o panorama do confronto era o mesmo. Com superioridade na posse de bola, o Grêmio rondava a grande área Jaconera, mas exagerava no preciosismo e não finalizava quando tinha espaço.

Sem sofrer nenhum susto de fato do Tricolor, o Juventude até se arriscou no campo ofensivo. A principal arma era o lado direito. Na melhor chance, Asprile soltou um torpedo e Paulo Victor pegou.

No fim, o time da casa segurou o Grêmio sem maiores problemas e manteve o duelo em aberto para a Arena.

COSME: Neymar faz pose. Mbappé assume: é o melhor do PSG, da França

JUVENTUDE 0 X 0 GRÊMIO

Local: Alfredo Jaconi, Caxias do Sul (RS)
Data-Hora: 22/5/2019 – 21h30
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Auxiliares: Eduardo Gonçalves da Cruz (MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
VAR: Igor Junior Benevenuto de Olivera (MG)
Cartões amarelos: João Paulo, Paulo Sérigo(JUV), Alisson, Everton (GRE)

JUVENTUDE: Marcelo Carné; Vidal, Sidmar,Genílson e Eltinho; João Paulo, Lennon (Dalberto, aos 27/2ºT), Aprile e Denner; Bruno Alves (Breno, aos 15/2ºT) e Brian Rodríguez (Paulo Sérgio, aos 39/2ºT). Técnico: Marquinhos Santos.
GRÊMIO: Paulo Victor; Léo Moura, Geromel, Michel e Juninho Capixaba; Maicon, Matheus Henrique e Jean Pyerre (Thaciano, aos 19/2ºT); Alisson (Pepê, aos 31/2ºT), Everton e André (Felipe Vizeu, aos 39/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho.

Está aquecido! Veja os principais negócios do mercado da bola