Futebol Mesmo em quarentena, Santos mantém ajuda para atletas da base

Mesmo em quarentena, Santos mantém ajuda para atletas da base

Quantia destinada mensalmente a jogadores com contrato de formação segue sendo paga pelo clube, independentemente da crise econômica 

Lance
Cada jogador recebe em média R$ 1,5 mil por mês

Cada jogador recebe em média R$ 1,5 mil por mês

Lance

Mesmo durante a pandemia do novo coronavírus, e consequente suspensão das atividades no futebol brasileiro, o Santos tem mantido o pagamento da ajuda de custo concedida aos atletas das categorias de base.

Leia mais: Torcedores sofrem sem futebol: 'Sinto falta até de xingar o juiz'

O valor mensal próximo a R$ 1,5 mil é pago aos atletas que possuem contrato de formação com o clube, que, por sua vez, não possui obrigatoriedade de pagá-lo durante a paralisação, mas tem mantido, mesmo assim.

Diferentemente do futebol profissional, que estipula o retorno dos treinamentos no dia 4 de maio, a base ainda não tem seu retorno previsto, até porque, no momento, não há sinais de manutenção das competições das categorias em 2020, seja estaduais ou nacionais.

Enquanto isso, os Meninos da Vila foram liberados para retornarem às suas casas durante a quarentena, até mesmo aqueles que não moram em Santos e se alojam nas dependências do clube. Em alguns casos, inclusive, a própria instituição arcou com as despesas das passagens.

País do futebol? Estrelas mundiais se encantam por clubes brasileiros

Últimas