Futebol Jô admite Corinthians apático: 'Precisamos agredir um pouco mais'

Jô admite Corinthians apático: 'Precisamos agredir um pouco mais'

Atacante falou logo após o apito final do Dérbi, que terminou empatado em 0 a 0, na Arena, e não achou ruim o resultado, pois ainda há o segundo jogo

Lance
Jô pouco pegou na bola no primeiro jogo da final

Jô pouco pegou na bola no primeiro jogo da final

Lance

Corinthians e Palmeiras empataram em 0 a 0, nesta quarta-feira, na Arena, pelo primeiro jogo da final do Campeonato Paulista de 2020. Ambos os times protagonizaram um partida muito ruim tecnicamente, o que leva a decisão em igualdade de condições para o Allianz Parque, no próximo sábado. Foi assim que Jô analisou o resultado nesta noite, já pensando no segundo duelo.

O atacante, que não teve grande atuação, assim como a grande maioria de seus companheiros, analisou o confronto como muitos torcedores enxergaram de fora, com um segundo tempo pior do que o primeiro, e com mais chances claras para o Timão. Com o pensamento no jogo de volta, para o camisa 77 o placar acabou sendo aceitável. Agora é se preparar nos próximos dias.

"Fizemos um bom primeiro tempo. No segundo, ficou jogo de disputa, de garra. Segundo tempo sem chances dos dois lados. Se não desse para ganhar, sabíamos que daria para tentar a vitória no próximo jogo. É clássico. São dois dias de treinos para se preparar", comentou Jô.

O centroavante também pontuou o que o Corinthians deve fazer no segundo jogo para sair do Allianz Parque com mais um título paulista para a conta.

"Foram duas defesas boas do Weverton. Vamos com a mesma pressão que estamos agora, vamos de novo para ganhar, sabendo da dificuldade e que precisamos agredir um pouco mais, mas são as mesmas chances de ser campeão", concluiu o ídolo alvinegro.

​Corinthians e Palmeiras voltam a se enfrentar no próximo sábado, às 16h30, no Allianz Parque para o segundo duelo da final estadual. Se a igualdade persistir no tempo normal, a decisão será nas cobranças de pênalti. Apesar de ter a melhor campanha, a única vantagem do Verdão e decidir em casa.

Federação Holandesa autoriza jogadora a atuar em time masculino

Últimas