Paulistão

Futebol Sem grandes emoções, Corinthians e Palmeiras empatam primeira final

Sem grandes emoções, Corinthians e Palmeiras empatam primeira final

Duelo foi bastante truncado e teve pouquíssimas chances de gol. Decisão fica para o próximo sábado, quando os dois rivais se enfrentam no Allianz Parque

  • Futebol | Do R7

Luan e Patrick de Paula fizeram um bom duelo no clássico

Luan e Patrick de Paula fizeram um bom duelo no clássico

MARCELLO ZAMBRANA/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO

Tudo aberto na final do Campeonato Paulista! Nesta quarta-feira (5), Corinthians e Palmeiras fizeram o jogo de ida da decisão do título e, em um jogo muito mais truncado do que emocionante, ficaram no 0 a 0 na Arena, em Itaquera.

LANCELLOTTI: Começou medíocre a decisão. 0 X 0 em Itaquera

Com isso, eles vão para o tudo ou nada no próximo sábado (8), quando se enfrentam no Allianz Parque e conheceremos o campeão paulista de 2020.

O jogo
Por se tratar de uma final de campeonato, ainda mais disputada entre dois grandes rivais, o duelo começou muito mais estudado do que realmente emocionante.

Salva, Weverton!
Chances de gol mesmo só apareceram a partir dos 27. E em dois bons lances de Luan. No primeiro, o camisa 7 corintiano lançou para Ramiro, que, sozinho, bateu fraco e Weverton defendeu.

Aos 30, Luan cruzou da direita, Jô resvalou de cabeça e Mateus Vital bateu firme. O goleiro palmeirense se esticou todo para defender.

Árbitro teve que conter os jogadores no final da primeira etapa

Árbitro teve que conter os jogadores no final da primeira etapa

ALEX SILVA/ESTADÃO CONTEÚDO

Confusão
Como é normal em um clássico, o jogo também teve uma breve confusão em campo. Mateus Vital sofreu uma falta de Rony e empurrou o rival. Era o que bastava para a maioria dos outros jogadores se aglomerarem por alguns instantes.

O árbitro Raphael Claus decidiu esfriar um pouco os ânimos, mostrando cartão amarelo para os dois atletas.

LEIA MAIS: Empate justo para Timão e Verdão. Pela mediocridade deles

Cássio 'tira com os olhos'
A melhor chance do Palmeiras no primeiro tempo foi já aos 46. E saiu através de uma cobrança de lateral. Luiz Adriano virou bem sobre a zaga e cruzou para Ramires, que bateu por cima do gol de Cássio.

Segundo tempo 'sonolento'
Se a primeira etapa já não foi muito cheia de amoção, o segundo tempo começou em um ritmo ainda mais devagar. O primeiro lance de perigo foi em uma falta para o Palmeiras aos 22 minutos. Bruno Henrique bateu e Cássio espalmou com tranquilidade.

Muitas trocas, pouco futebol
Os técnicos Tiago Nunes, do Corinthians e Vanderlei Luxemburgo, do Palmeiras, até tentaram meer em seus times, promovendo a entrada de vários jogadores, mas nada aconteceu. Final: 0 a 0!

CORINTHIANS 0 X 0 PALMEIRAS
Data: 5/8/2020 – 21h30
Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa/SP)
Assistentes: Neuza Ines Back e Daniel Paulo Ziolli
Cartões amarelos: Mateus Vital, Danilo Avelar, Jô e Ramiro (COR); Rony (PAL)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Carlos Augusto; Gabriel, Éderson (Cantillo, 28’/2ºT) e Luan (Araos, 28’/2ºT); Ramiro, Mateus Vital (Léo Natel, 40’/2ºT) e Jô. Técnico: Tiago Nunes

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Matías Viña; Gabriel Menino (Raphael Veiga, 34’/2ºT), Patrick de Paula e Ramires (Bruno Henrique, intervalo); Zé Rafael (Gustavo Scarpa, 34’/2ºT) , Rony (Iván Angulo, 40’/2º T)e Luiz Adriano (Willian, intervalo). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Federação Holandesa autoriza jogadora a atuar em time masculino

Últimas