Futebol Clubes argentinos homenageiam vítimas do golpe militar de 1976

Clubes argentinos homenageiam vítimas do golpe militar de 1976

Redes sociais de clubes e jogadores prestaram homenagens com a hashtag '#NuncaMas'; feriado de 24 de março lembra período que durou até 1983

argentinos, golpe, militar, vítimas

O feriado de 24 de março não passou em branco na Argentina. No Dia Nacional da Memória pela Verdade e Justiça, os clubes argentinos se uniram através da hashtag '#NuncaMas' para homenagear as vítimas do golpe militar de 1976, que deu início à última ditadura no país.

Leia mais: Barcelona retira medalhas de ditador espanhol Francisco Franco

Através de suas redes sociais, equipes tradicionais como Boca Juniors, Independiente, Racing e San Lorenzo publicaram imagens e frases sobre o tema. Jogadores como Nacho Scocco, atacante do River Plate, também deixaram suas mensagens.

O intuito da campanha é simples: não esquecer para que não se repita. O feriado de 24 de março leva milhares de argentinos às ruas anualmente e também lembra das mais de 30 mil vítimas do período, que se iniciou após a queda do governo Maria Estela Martinez de Perón, e durou até 1983.

Confira algumas das homenagens: