FMF marca reunião com SES-MG para volta Mineiro, mas terá de lidar com times que estão sem elencos

O encontro será no dia 10 de junho e vai verificar as possibilidades da volta do campeonato, que poderá terminar em julho

Lance

Lance

Lance

Já são mais de dois meses sem bola rolando em Minas Gerais. O Campeonato Mineiro está parado desde o dia 16 de março e várias conversas da Federação Mineira de Futebol(FMF) com o poder público tenta viabilizar o retorno da competição.

E, mais uma reunião será realizada, no dia 10 de junho, entre a FMF e a Secretaria Estadual de Saúde, com o intuito de discutir o reinício do Estadual, que parou na nona rodada tendo o América-MG na liderança.

A conversa das entidades terá como pauta o avanço da Covid-19 no Brasil e em Minas Gerais, gerando uma avaliação conjunta sobre a possibilidade dos jogos acontecerem na segunda quinzena de junho e se encerrando em julho, concluindo o campeonato.

A situação pode ter um novo rumo e o Mineiro recomeçar, já que Atlético-MG, América-MG e Cruzeiro retomaram as atividades de treinamentos. Todavia, o grande problema da FMF é averiguar como as equipes do interior farão para colocar times em campo, já que a maioria já dispensou elencos e comissões técnicas, ameaçando jogar com equipes de base para concluir a competição.

Além da questão de saúde, há a viabilidade esportiva, pois todos os clubes têm de estar de acordo em retornar para o torneio, apesar das dificuldades apresentadas. Villa Nova, Caldense, URT e Patrocinense já não têm mais suas equipes. Tombense, Boa Esporte, Uberlândia, Tupynambás e Coimbra ainda estão com seus times, mas pode haver uma contestação dos rivais colocarem times sub-20, criando um desequilíbrio na competição.

Ainda faltam faltando duas rodadas para o fim da fase de classificação, além do mata-mata, com as fases semifinal e final.