Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Esporte - Notícias sobre Futebol, Vôlei, Fórmula 1 e mais
Publicidade

Estreante na Seleção Brasileira, Éderson abre o jogo sobre futuro e time do coração

Jogador também contou como é o cotidiano com o técnico Dorival Júnior

Lance

Lance|Do R7

A primeira convocação aos 24 anos e logo para disputar uma Copa América é algo inesquecível na carreira de um jogador. E isso foi o que aconteceu com Éderson, um dos volantes chamados por Dorival Júnior para a Seleção Brasileira.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

Campeão da UEFA Europa League pela Atalanta nesta temporada, o meio-campista despertou interesse de gigantes, como Manchester United (ING) e Barcelona (ESP) recentemente. Porém, ele garante tranquilidade sobre o futuro e que o foco está em desempenhar bem pelo Brasil.

Publicidade

— Quando abre o mercado isso sempre acontece. Aconteceu em outras janelas e vai acontecer em próximas ocasiões. Mas estou bem tranquilo, estou na Seleção Brasileira. Trabalhei muito para chegar aqui, estou muito focado. Não sei o que vai acontecer. No meu clube estou muito bem, na Atalanta. Não estou pensando nisso em jogar em outro clube ou não, estou focado na Seleção Brasileira. Depois vou pensar nisso — disse, em entrevista ao Lance!.

Éderson teve passagens por Cruzeiro e Corinthians no Brasil. Mas o local em que mais fez sucesso foi no Fortaleza, onde teve 58 partidas, três gols e três assistências. O meio-campista revelou que o "Laion" é seu time do coração pelo carinho e a forma com que foi tratado.

Publicidade

— Tenho muitos sentimentos positivos com o Fortaleza. Fui muito feliz, bem recebido, até hoje tenho contato com o Vojvoda, o Marcelo Paz (CEO). O clube vai crescer ainda mais por tudo que faz, é muito organizado. Estou sempre na torcida, nos jogos mando mensagens desejando boa sorte, querendo sempre o melhor. Fortaleza vai estar sempre comigo, por tudo que fez por mim. Fui muito feliz ali e espero que o Fortaleza continue crescendo ainda mais — explicou.

Publicidade

Éderson também deu detalhes de como é a convivência com Dorival Júnior na Seleção Brasileira. Ele fez alguns elogios ao comandante, que em breve terá seu terceiro jogo no cargo, e contou sobre a felicidade com a convocação.

— A convivência é muito boa. Dorival é muito tranquilo, comunicativo. Gostei dos primeiros contatos. É um treinador que te passa confiança, isso já deu para perceber antes do treino. E também no decorrer do treino, vai te dando toques, é bem leve.

— Estou muito feliz pela minha convocação, a primeira. Trabalhei muito, todo jogador tem o objetivo de jogar na Seleção Brasileira. Foquei para chegar aqui, na minha evolução. Olhei para mim mesmo e vi que poderia chegar, depois da temporada histórica que fizemos — concluiu.

Antes da Copa América, que começa em 20 de junho, a Seleção Brasileira fará amistosos contra México e Estados Unidos, nos dias 8 e 12 de junho, respectivamente.

*Isabelle Costa colaborou como enviada especial

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.