Dirigente do Sport garante que clube não está atrás de reforços

Por conta da grave crise financeira que o clube atravessa, Lucas Drubscky afirmou que o Leão não vai buscar novos jogadores

Lance

Lance

Lance

Nesta semana, o presidente Milton Bivar foi claro ao escancarar a grave crise financeira que o Sport atravessa. Como se não bastasse o acúmulo de dívidas ao longo dos anos, o Leão teve que lidar com a pandemia do coronavírus, que interrompeu o futebol no país.

Diante da situação delicada, a diretoria não pensa mais em reforços. De acordo com o executivo de futebol, Lucas Drubscky, o momento é de apertar o cinto.

‘A prioridade número zero é, de fato, angariar recursos para os atletas e funcionários, para quitar e manter as obrigações com ele. Na medida que a situação clarear, a gente volta a questão dos reforços como prioridade, mas até em respeito aos atletas e funcionários, temos que manter como topo daquilo que estamos nos esforçando, essa preocupação com os vencimentos dos que aqui estão’, declarou o dirigente ao Super Esportes.

Salários

Lembrando que, a diretoria do Leão tentou reduzir o salário do elenco, mas por conta dos dois meses de atrasos nos vencimentos, o grupo não topou o acordo. Com isso, diversos funcionários acabaram demitidos.