Lance Crias da Academia brilham e levam Palmeiras até título do Paulistão

Crias da Academia brilham e levam Palmeiras até título do Paulistão

Patrick de Paula e Gabriel Menino tomaram conta do meio de campo, ganharam espaço e se tornaram peças fundamentais no esquema de  Luxemburgo

Lance
  • Lance | por Lance

Patrick de Paula converteu pênalti

Patrick de Paula converteu pênalti

Lance

Personalidade é o que define Patrick de Paula e Gabriel Menino. Crias da Academia de Futebol do Palmeiras, a dupla despertou atenção ainda na pré-temporada e mostrou para Vanderlei Luxemburgo que era possível atuar em alto nível entre os titulares. Tanto que foram destaques no título do Campeonato Paulista, conquistado no último sábado (8), no Allianz Parque.

Foram somente 15 jogos de Gabriel Menino como profissional e 14 de Patrick de Paula até o primeiro título. Acostumados com decisões na base, eles não sentiram o peso dos clássicos e foram protagonistas.

Gabriel Menino ganhou o espaço no meio e se saiu bem quando precisou atuar como lateral-direito. As boas atuações, aos poucos, convenceram o treinador de que era preciso assumir a titularidade. Após a vitória sobre o Corinthians na final ele relembrou os tempos de torcedor para comemorar o título.

- Eu vinha aqui, ficava sentado com a minha mãe e com o meu pai. Agora estar aqui dentro e dar felicidades para mim e para todo o torcedor, é uma honra - afirmou o camisa 25.

A mesma situação ocorreu com Patrick de Paula. As chances foram aproveitadas quando ele entrou no decorrer dos jogos e o garoto carioca tornou-se indispensável, inclusive com o gol na semifinal diante da Ponte Preta e o gol do pênalti decisivo diante do Corinthians na final.

- Estou muito feliz, trabalhei bastante para estar aqui. Estar podendo fazer o último pênalti... treinei bastante e pude dar alegria para a torcida alviverde. Vai, Palmeiras - disse o herói do título alviverde.

A nova geração palestrina conta ainda com Gabriel Véron - machucado na fase final do Paulistão - Wesley, Alan, Esteves e até o colombiano Iván Angulo, estreante justamente no primeiro duelo da decisão.

O título estadual é só o começo do que as Crias da Academia podem dar de retorno para o torcedor palmeirense.

Depois de 12 anos: Palmeiras volta a comemorar título do Paulistão

Últimas