Lance Com definição dos Pré-Olímpicos, Brasil tem semanas decisivas em três modalidades

Com definição dos Pré-Olímpicos, Brasil tem semanas decisivas em três modalidades

Futebol, basquete feminino e esportes aquáticos estão com as suas vagas em jogo

Lance
  • Lance | por Lance

Lance

Lance

Lance

O Brasil entra em um momento decisivo nas próximas semanas, com a definição de Pré-Olímpicos de diversas modalidades. Até então, temos 145 atletas com passaportes carimbados para Paris, mas, a meta do Comitê Olímpico Brasileiro é chegar a marca de 300 pessoas na delegação.

A classificação do futebol já está acontecendo, o basquete feminino se inicia daqui a 12 dias, o Mundial de Esportes Aquáticos será realizado semana que vem e, em fevereiro, teremos Gabriel Medina concorrendo a uma vaga durante o ISA Games.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

A Seleção Brasileira de futebol e de surfe, que renderam medalhas na última olimpíada, terão grandes desafios. Na primeira modalidade, o torneio classificatório dá apenas duas vagas nas Olimpíadas, o Brasil venceu o primeiro jogo contra a Bolívia em 1 a 0. Na segunda, temos João Chianca e Filipe Toledo classificados, mas, o time brasileiro precisa vencer o ISA Games para ter direito a mais uma vaga. Caso consigam, o representante será Gabriel Medina.

Já nos esportes aquáticos, teremos Ana Marcela, mas no caso dela, é mais tranquilo, já que foi a quinta colocada no Mundial de 2023 e bronze em 2022. Na mesma competição, o 4x200m masculino e feminino estão encaminhados, enquanto o 4x100m feminino precisa de um bom resultado para se confirmar em Paris.

➡️ Seis meses para Paris! Veja as vagas já garantidas pelo Brasil nos Jogos Olímpicos de 2024

➡️ Brazilian Storm domina em Nazaré e conquista três títulos nas ondas portuguesas

O basquete feminino jogará em casa, e enfrentará Alemanha, Sérvia e Austrália. Por ficar fora dos Jogos de Tóquio 2020 e também das Copas do Mundo de 2018 e 2022, a classificação será um alívio e um grande feito.

O COB deixou claro que a meta nessas Olimpíadas é ultrapassar o feito em Tóquio, que foram 7 ouros, 6 pratas e 8 bronzes, totalizando 21. E cabe essas modalidades fazerem o dever de casa e repetir o feito de Tóquio, como o caso do futebol e do surfe ou algo inédito, no basquete feminino.

Confira os garantidos em Paris, abaixo:

Últimas