Lance Buscando penta na Copa do Brasil, Felipão vive semelhança com 2002

Buscando penta na Copa do Brasil, Felipão vive semelhança com 2002

Em 2002, Seleção garantiu vaga no Mundial do Japão e da Coreia do Sul, no Maranhão. Após 18 anos, o técnico voltou com o Palmeiras e ganhou

Palmeiras, Copa do Brasil

Felipão durante a vitória sobre o Sampaio Corrêa, na quarta-feira

Felipão durante a vitória sobre o Sampaio Corrêa, na quarta-feira

Divulgação Palmeiras

A seleção brasileira garantiu a classificação para a Copa do Mundo de 2002 no estádio Castelão, em São Luís (MA), e depois de 18 anos Luiz Felipe Scolari, técnico do Palmeiras, voltou lá. Ao vencer o Sampaio Corrêa nessa quarta, o técnico falou com animação sobre a história, que pode também motivá-lo na busca pelo seu quinto título de Copa do Brasil.

Veja mais: Conmebol volta atrás em decisão de vaga para Copa Libertadores

- Quem sabe, como começou aqui (no Maranhão) o campeonato do mundo, ganhamos de 3 a 0 (da Venezuela), com dois gols do Luizão e um do Rivaldo... ganhamos agora com o Moisés (pela Copa do Brasil). Quem sabe daqui iniciamos a possibilidade de ganhar a Copa do Brasil - disse.

- Mas são 18 anos que se passaram, a gente fica feliz de voltar a São Luís, lembrar do que aconteceu naquele jogo, do povo de São Luís que nos ajudou muito naquela partida, desde o início, antes do início, com a forma que foi cantado o Hino Nacional, da forma que eles se comportaram no jogo. Lembrar disso é algo que te deixa feliz. E saber que o Palmeiras ganhou aqui, quem sabe está começando uma nova caminhada na Copa do Brasil também é bom.

O jogo citado por Scolari aconteceu no dia 14 de novembro de 2001. O Brasil precisava vencer a Venezuela para ir ao Mundial, e fez 3 a 0 no Castelão, mesmo estádio da vitória alviverde na noite passada. Apesar da campanha sofrida nas Eliminatórias, a Seleção de Scolari sagrou-se campeã mundial após vencer a Alemanha na decisão.

Veja mais: Duelo de gerações: Diniz e Autuori se enfrentam pela Sul-Americana

Esta é a 13ª edição da Copa do Brasil que Felipão disputa. Ele chegou a cinco finais e quatro títulos (Criciúma em 1991, Grêmio em 1994 e Palmeiras em 1998 e 2012). No comando do Verdão, ainda foi às semifinais em 1999 e 2018. O clube alviverde conquistou a competição também em 2015, sem o gaúcho.

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

Está aquecido! Veja os principais negócios do mercado da bola