Jogada 10 Carille detona gramado do Allianz após derrota: ‘Até o Abel reclama’

Carille detona gramado do Allianz após derrota: ‘Até o Abel reclama’

Treinador elogia desempenho da equipe no clássico, mas critica estádio do Palmeiras, palco do clássico neste domingo

Jogada 10
Foto: Raul Baretta/ Santos FC.

Foto: Raul Baretta/ Santos FC.

Jogada 10

O Santos perdeu por 2 a 1 para o Palmeiras neste domingo (28), no Allianz Parque, pela terceira rodada do Campeonato Paulista. Após o revés, o técnico Fábio Carille ficou na bronca com o gramado do estádio palmeirense. O treinador disse que fez mudanças na equipe por conta do campo e falou que até mesmo Abel Ferreira critica as condições do gramado.

“A partir do momento em que a própria equipe da casa reclama… o Abel reclama. O gramado está ralo, parece algo para o futsal. Dificuldade para controlar a bola. Palmeiras tem o CT para treinar. Já foi muito melhor. Estou sabendo que o Palmeiras está se mexendo para trocar esse gramado”, disse Carille, que prosseguiu.

“As vitórias me dão tranquilidade em cima de pré-temporada curta. Tinha uma preocupação com o Giuliano. Preocupação com Felipe Jonatan. Guilherme também desgastado. Furch também vem se doando. Mudanças foram mais questões físicas e clínicas”, completou.

Aliás, após Bruno Rodrigues, do Palmeiras, se machucar no duelo contra a Inter de Limeira e alguns relatos criticando a grama do estádio alviverde, Fábio Carille fez mudanças no time titular. Assim, Felipe Jonatan, Guilherme, Julio Furch e Giuliano começaram o clássico no banco. Aliás, o camisa 10 chegou a entrar no segundo tempo, mas ficou poucos minutos em campo, pedindo substituição. Ao sair, o meia disse que “com este gramado não dá”.

Carille elogia Santos no clássico

Contudo, voltando ao jogo, o treinador gostou do desempenho da sua equipe no clássico. Carille reconheceu erros, mas, no geral, gostou do que viu em campo mesmo com as quatro mudanças iniciais. Mas no fim, pediu o apoio do torcedor.

“Eu estou muito feliz, as coisas que aconteceram foram muito positivas. Foi importante o jogo para o que queremos lá na frente. Poderia ter feito outra escalação para tentar manter a mesma forma de jogar. Não aconteceu no primeiro tempo o que pensei, mas estou satisfeito. Temos que saber lidar com as críticas, peço para o torcedor acreditar na diretoria. No nosso trabalho, para vir junto conosco. Vamos conseguir, vamos buscar o que a gente quer”, finalizou o treinador.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Últimas