Governo barra volta do Campeonato Mineiro e retorno segue sem data

Secretaria de Saúde de MG alegou que nenhum dos protocolos apresentados pela Federação Estadual “seria adequado ao momento” de pandemia

Principais times mineiros estão autorizados a treinar

Principais times mineiros estão autorizados a treinar

Divulgação / Cruzeiro / Vinnicius Silva

O governo de Minas Gerais divulgou, nesta segunda-feira (29), que barrou o retorno do Campeonato Mineiro devido ao avanço do novo coronavírus no Estado.

A FMF (Federação Mineira de Futebol) e alguns clubes haviam apresentado à SES (Secretaria de Estado de Saúde) protocolos sanitários para articular um retorno da disputa para o dia 26 de julho.

O pedido foi negado pelo comitê que avalia as ações de combate à covid-19 no Estado, sob alegação de que "nenhum protocolo seria adequado ao momento". A equipe destacou que o Governo Estadual orientou, recentemente, que todas as cidades que iniciaram o processo de flexibilização permitam a abertura somente dos comércios essenciais.

Embora a disputa esteja paralisada e ainda sem previsão de retorno, alguns times mineiros já voltaram a treinar. Entre eles estão o América, o Atlético e o Cruzeiro. O Campeonato Carioca foi a única competição estadual a voltar até o momento.

"Havendo uma melhora do panorama epidemiológico e assistencial os protocolos serão reavaliados para que a atividade seja retomada com segurança a vida dos envolvidos", destacou o comunicado da Secretaria de Saúde.

Covid-19 em Minas Gerais

De acordo com a SES, Minas tinha, até esta manhã, a confirmação de 43.864 moradores infectados e 918 mortos pela covid-19. O governo estima que o Estado vai passar pela pior fase da pandemia nas próximas semanas, alcançando o pico da doença por volta do dia 15 de julho.

A situação fez a prefeitura de Belo Horizonte recuar no processo de reabertura da cidade. Assim, todos os comércios considerados não essenciais foram fechados novamente nesta segunda-feira.

Veja a íntegra da nota do Governo de MG sobre o Campeonato Mineiro:

"O Centro de Operações de Emergência em Saúde de Minas Gerais (COES-MG) avaliou os protocolos apresentados pela Federação Mineira de Futebol (FMF) e pelos times mineiros, e que solicitava o retorno às atividades do futebol para o Campeonato Mineiro.

Diante de um panorama com piora da situação epidemiológica e assistencial, em que, inclusive, foi recomendado o retorno de todos os municípios que aderiram a Deliberação do Comitê Extraordinário COVID-19 nº 39 de 29 de abril de 2020 (Plano Minas Consciente) para a onda verde, a avaliação feita foi de que nenhum protocolo seria adequado ao momento.

Havendo uma melhora do panorama epidemiológico e assistencial os protocolos serão reavaliados para que a atividade seja retomada com segurança a vida dos envolvidos. A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) entende a importância do futebol e do esporte na vida do brasileiro, mas nenhum protocolo seria adequado ao momento."

Qual o melhor estádio para sediar a final da Libertadores em 2021?