Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Vasco da Gama e Fluminense fazem clássico dos opostos pelo Brasileirão

Gigante da Colina luta contra o rebaixamento, enquanto Tricolor disputa as primeiras posições

Futebol|Do Live Futebol BR

Vasco e Fluminense se enfrentam no Nilton Santos
Vasco e Fluminense se enfrentam no Nilton Santos Vasco e Fluminense se enfrentam no Nilton Santos

O Estádio Nilton Santos recebe, neste sábado (16), um clássico com rivais em situações opostas no Brasileirão. A partir das 16h (de Brasília), Vasco da Gama e Fluminense se enfrentam pela 23ª rodada do campeonato.

· Compartilhe esta notícia no Whatsapp

· Compartilhe esta notícia no Telegram

Apesar de ter uma partida a menos, o Gigante da Colina vive situação delicada, figurando na zona de rebaixamento, em 18º lugar, com 17 pontos. A diferença para o Goiás, primeiro time fora do Z4, é de oito.

Publicidade

Leia também

No outro extremo da tabela, o Fluminense defende uma invencibilidade de três jogos para encostar nos líderes e se manter na zona de classificação à Copa Libertadores. O Tricolor é o sexto colocado, com 38 pontos.

Retrospecto

Publicidade

Conhecido como Clássico dos Gigantes, o duelo deste sábado (16) foi realizado 388 vezes ao longo da história. A vantagem é do Vasco da Gama, com 153 vitórias contra 121 do Fluminense, além de 114 empates.

No entanto, a última vitória cruzmaltina foi no dia 20 de julho de 2019. De lá para cá, aconteceram quatro vitórias tricolores e quatro empates. No primeiro turno, Fluminense e Vasco ficaram no 1 a 1.

Publicidade

Palco da partida

O mando de campo é do Vasco da Gama, que mudou de local porque ainda não havia conseguido a liberação para receber público em São Januário, o que aconteceu no início dessa semana. Além disso, o gramado do Maracanã passa por ajustes e só será liberado a partir de domingo (17), quando Flamengo e São Paulo fazem o primeiro jogo da final da Copa do Brasil.

A expectativa é que o Nilton Santos receba um grande público neste sábado (16). Mandante, o Vasco da Gama teve direito a cerca de 35 mil ingressos e anunciou na manhã da última quinta-feira (14) que a carga estava esgotada. Já o Fluminense vendeu os quatro mil bilhetes que tinha à disposição.

Vasco tem mudanças

Ainda com o francês Payet apenas como opção no banco de reservas, o técnico Ramón Díaz vai realizar algumas mudanças em relação ao time que empatou com o Bahia, em Salvador (BA). Todos os setores terão novidades.

Na lateral direita, Puma Rodríguez volta a figurar entre os titulares depois de cinco rodadas. O zagueiro Robson Bambu, que vinha atuando improvisado, fica como opção no banco, assim como o atacante Serginho, preterido por Rossi. No meio-campo, Zé Gabriel retorna de suspensão no lugar de Medel, que recebeu o terceiro amarelo.

Baixas importantes

Fernando Diniz não vai poder contar com dois jogadores importantes para o clássico. O lateral-direito Samuel Xavier cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo e o meia Paulo Henrique Ganso ainda não está totalmente recuperado das dores no joelho direito. Os respectivos substitutos devem ser Guga e Alexsander.

Outro desfalque é o próprio treinador, que voltou aos trabalhos depois de dirigir a Seleção Brasileira contra Bolívia e Peru pelas Eliminatórias Sul-Americanas. Fernando Diniz está suspenso e o auxiliar Eduardo Barros é quem comanda o Fluminense na beira do gramado.

Por outro lado, o Tricolor tem os retornos do zagueiro Marlon e do lateral-esquerdo Marcelo. Apenas o ex-jogador do Real Madrid, da Espanha, deve iniciar o clássico como titular.

Ficha Técnica

Vasco da Gama x Fluminense

Local - Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Data e horário - sábado (16), às 16h (de Brasília)

Árbitro - Raphael Claus (FIFA - SP)

Auxiliares - Danilo Ricardo Simon Manis (FIFA - SP) e Neuza Ines Back (FIFA - SP)

Árbitro de vídeo - Daiane Muniz (FIFA - SP)

VASCO DA GAMA - Léo Jardim; Puma, Maicon, Léo e Lucas Piton; Zé Gabriel, Praxedes e Paulinho; Rossi, Sebastián (Alex Teixeira) e Vegetti. Técnico: Ramón Díaz.

FLUMINENSE - Fábio; Guga, Nino, Felipe Melo e Marcelo; André, Alexsander, Arias, Keno e John Kennedy; Germán Cano. Técnico: Fernando Diniz.

Não é só Vini Jr! Veja jogadores que foram injustiçados em prêmio de melhor do mundo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.