Corinthians Mesmo sem nunca ter contado com Richarlison no elenco, Corinthians tem dívida com jogador

Mesmo sem nunca ter contado com Richarlison no elenco, Corinthians tem dívida com jogador

Dívida do clube paulista com o atacante do Tottenham começou em 2019 com a negociação do volante Richard, ex-Fluminense 

Agência Estado - Esportes
Richarlison estreou profissionalmente no América-MG e agora atua no Tottenham, da Inglaterra

Richarlison estreou profissionalmente no América-MG e agora atua no Tottenham, da Inglaterra

Reprodução/Instagram/ @richarlison

O departamento jurídico do Corinthians está incumbido de resolver uma situação pouco comum no futebol. O clube paulista tem uma dívida com o América-MG por causa de um jogador que nunca atuou com a camisa alvinegra. Trata-se de Richarlison, atacante da seleção brasileira e atualmente no Tottenham, da Inglaterra.

Corinthians e América-MG acertaram a quitação de uma dívida contraída pelos paulistas há cerca de três anos, no valor corrigido de R$ 2,1 milhões. O acordo foi homologado recentemente pelo juiz Cláudio Pereira França, da 2ª Vara Cível de São Paulo. A informação foi divulgada originalmente pelo site Meu Timão.

Sem divulgar mais detalhes, a assessoria de imprensa do Corinthians diz tratar-se de uma "repactuação de acordo anterior, que vem no sentido de dar novos prazos para quitação de compromisso já reconhecido".

Em 2019, o Corinthians contratou o volante Richard junto ao Fluminense e, como parte da negociação, se comprometeu a assumir uma dívida do tricolor carioca com o América-MG no valor de R$ 2,9 milhões pela contratação de Richarlison. Em duas oportunidades, a diretoria alvinegra não honrou os compromissos e os mineiros foram à Justiça pedir o bloqueio das contas do rival, até selarem o acordo vigente.

À época da contratação de Richard pelo Corinthians, Richarlison já havia sido vendido pelo Fluminense ao Watford por 12,5 milhões de euros (cerca de R$ 46 milhões). O clube carioca contratou o atacante após o jogador ter se destacado pelo América-MG na Série B. As convocações para a seleção brasileira ocorreram devido ao bom futebol demonstrado com a camisa do Everton, que o contratou por 45 milhões de libras (R$ 222,9 milhões), em 2018.

Por sua vez, Richard atualmente está no Ceará, clube com o qual assinou, em dezembro do ano passado, um vínculo até 2024. Sem conseguir repetir o sucesso do Fluminense no Corinthians, o volante passou ainda por Vasco e Athletico-PR antes de desembarcar na capital cearense.

Leclerc curte férias da F1 em iate de R$ 18,8 milhões na costa francesa

Últimas