Taison desabafa: 'Não basta não ser racista, precisamos ser antirracista!'

Atacante falou pela primeira vez após sofrer racismo no último domingo em jogo contra o Dínamo, quando mostrou dedo médio à torcida e foi expulso 

Taison foi amparado por jogadores do Dínamo após expulsão

Taison foi amparado por jogadores do Dínamo após expulsão

Oleksandr Osipov/Reuters - 10.11.2019

O atacante Taison falou pela primeira vez após sofrer com atos de racismo na partida entre Shakhtar Donestsk e Dínamo de Kiev, pelo Campeonato Ucraniano, no último domingo. Após ouvir ofensas dos torcedores, o brasileiro mostrou o dedo médio, chutou a bola em direção à arquibancada e foi expulso. 

No Instagram, ele dasabafou e usou parte da letra da música "Jesus Chorou", dos Racionais. "Amo minha raça, luto pela cor, o que quer que eu faça é por nós, por amor...", escreveu o Taison que deixou o gramado chorando muito. 

Veja também: Dentinho também fala sobre racismo: 'O pior dia da minha vida'

Depois, o jogador completou com um texto feito por ele. "Jamais irei me calar diante de um ato tão desumano e desprezível! Minhas lágrimas foram de indignação, de repúdio e de impotência, impotência por não poder fazer nada naquele momento! Mas somos ensinados desde muito cedo a sermos fortes e a lutar! Lutar pelos nossos direitos e por igualdade! O meu papel é lutar , bater no peito, erguer a cabeça e seguir lutando sempre!"

Taison finalizou e afirmou que a luta contra o racismo não tem de ser só dos negros. Ele pediu a participação de toda a sociedade na causa. "Em uma sociedade racista, não basta não ser racista, precisamos ser antirracista! O futebol precisa de mais respeito, o mundo precisa de mais respeito! Obrigada a todos pelas mensagens de apoio ! Seguimos a luta.."

O atacante recebeu o apoio de outros jogadores brasileiros, como Neymar, Gabriel Jesus e Douglas Costa. 

Reprodução Instagram

Reprodução Instagram

Reprodução Instagram

Além de Taison, o atacante Dentinho também saiu de campo chorando, após os insultos da torcida.  O Shakhtar apoiou os dois jogadores e publicou nas redes sociais a #noracism, não ao racismo na tradução do inglês para português. 

O Corinthians e o Internacional, clubes que Dentinho e Taison foram revelados respectivamente, apoiaram os dois nas redes sociais. 

Curta a página do R7 Esportes no Facebook.