Libertadores

Futebol Santos cai para o Barcelona-EQU na estreia no Grupo C da Libertadores

Santos cai para o Barcelona-EQU na estreia no Grupo C da Libertadores

Alvinegro joga mal e perde por 2 a 0 dentro da Vila Belmiro. Próximo rival é o Boca Juniors, fora de casa, na terça que vem

  • Futebol | Felippe Scozzafave, do R7

Pará falhou nos dois gols e lamentou bastante a derrota do Santos

Pará falhou nos dois gols e lamentou bastante a derrota do Santos

Guilherme Calvo/EFE 20.04.21

Foi ruim a estreia do Santos na fase de grupos da Libertadores 2021. Atual vice-campeão, o Alvinegro foi surpreendido e perdeu para o Barcelona de Guayaquil por 2 a 0, na noite desta terça-feira, em plena Vila Belmiro.

Após um primeiro tempo muito estudado e pouco jogado, também por conta da chuva forte que caiu danificou o gramado do estádio santista, o jogo só foi efetivamente ter emoção na segunda etapa. E quem abriu o placar logo aos 7 foi o Barcelona.

Pará errou passe na saída de bola e Martínez deu belo toque para Garcés, que mandou para o gol. O time equatoriano seguiu melhor e pouco tempo após Martínez acertar um chutaço no travessão, Pará fez um gol contra e complicou o time brasileiro.

A situação ficou ainda mais preocupante nos minutos seguintes, com as lesões de Alisson e Marinho, que tiveram que ser substituídos e podem ser problemas para os próximos jogos.

Para se recuperar e somar seus primeiros pontos na competição continental, o Santos tem pela frente daqui uma semana ninguém menos do que o Boca Juniors, na Argentina. Antes disso, a equipe joga pelo Campeonato Paulista. Na próxima sexta-feira, o desafio é contra o Novorizontino, também fora de casa.

SANTOS 0 X 2 BARCELONA-EQU

Local/Hora: Vila Belmiro, em Santos, às 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Andrés Matonte (Uruguai)
Assistentes: Richard Trindad e Martin Soppi (ambos do Uruguai)
Cartões amarelos: Riveros, Pineida, Martinez e Mendonza (BAR) - Soteldo (SAN)
GOLS: Garcés (0-1) - Pará (0-2)
SANTOS: João Paulo; Madson (Vinicius Balieiro), Luan Peres, Kaiky e Felipe Jonatan; Alison (Lucas Lourenço), Pará e Pirani (Lucas Braga); Marinho, Soteldo e Marcos Leonardo (Kaio Jorge). Técnico: Ariel Holan
BARCELONA-EQU: Burrai; Castillo, León, Riveros e Pineida; Molina (Sergio López) e Piñatares; Hoyos (Quiñónez), Díaz (Oyola) e Emmanuel Martínez (Montaño); Gárces (Mastriani). Técnico: Fábian Bustos

Brasil no topo: conheça os elencos mais caros da Libertadores 2021

Últimas