Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

RB Bragantino vence o Cuiabá e entra no G-4 do Brasileirão

Jogando em casa, Massa Bruta fez 2 a 0 e assumiu o quarto lugar do Fluminense, que ainda entra em campo neste domingo, contra o Athletico-PR

Futebol|Do Live Futebol BR

Jonathan Cafú e Thiago Borbas disputam a posse de bola
Jonathan Cafú e Thiago Borbas disputam a posse de bola Jonathan Cafú e Thiago Borbas disputam a posse de bola

O RB Bragantino entrou no G-4 do Brasileirão 2023. Em casa, o Massa Bruta venceu o Cuiabá por 2 a 0 na manhã deste domingo (27), pela 21ª rodada, chegou aos 35 pontos e assumiu a quarta posição no lugar do Fluminense. Matheus Borbas e Talisson fizeram os gols da partida no Nabi Abi Chedid.

 Compartilhe esta notícia no WhatsApp

 Compartilhe esta notícia no Telegram

O Flu ainda joga neste domingo: pega o Athletico, às 18h30, em Curitiba. Outros que podem ultrapassar o time de Bragança são o Grêmio, que tem 33 pontos e recebe o Cruzeiro às 19h, e o próprio Athletico, que soma 32.

Publicidade

Até lá, pelo menos, o Massa Bruta está entre os quatro melhores do campeonato e mantém vivo o sonho de conquistar uma das vagas na Libertadores de 2024 depois de uma campanha decepcionante no campeonato nacional do ano passado.

Já o Cuiabá fica com os mesmos 28 pontos, na nona posição da tabela. Depois de fazer o melhor turno desde o acesso à Série A, o Dourado soma agora três derrotas consecutivas e a terceira por 2 a 0 (havia perdido pelo mesmo placar para Palmeiras e Athletico-PR).

Publicidade

Leia também

Como foi

RB Bragantino e Cuiabá fizeram um bom primeiro tempo para esquentar a fria manhã em Bragança Paulista (13°C). Apesar de o time da casa ter o domínio da posse de bola (62% a 38%), as melhores chances foram dos visitantes. 

Publicidade

A primeira veio aos 17 minutos. Após belo contra-ataque, Jonathan Cafú recebeu na direita, limpou Capixaba e finalizou cruzado. O Cleiton salvou o Massa Bruta. Depois, aos 23’, Deyverson chutou para fora cara a cara com o goleiro.

Mas a melhor das chances foi do Bragantino. Aos 29’, Thiago Borbas recebeu lançamento longo e chutou forte, mas Walter defendeu bem e garantiu o 0 a 0 na etapa inicial.

O segundo tempo começou com o RB Bragantino acelerando e abrindo o placar logo aos 9 minutos. Após escanteio, Vitinho levantou na área, Realpe cabeceou na trave, e a bola sobrou nos pés de Thiago Borbas, que só empurrou: 1 a 0 Massa Bruta.

Dez minutos depois, Cleiton apareceu outra vez com duas defesas incríveis para salvar o Bragantino. Primeiro, espalmando chute colocado de Wellington Silva e, na sequência, tirando com o pé direito o chute de Deyverson no rebote.

Quando o time visitante pressionava em busca do gol de empate, o Braga ampliou. Alerrandro tocou de calcanhar, Matheus Gonçalves cruzou rasteiro e Talisson, que havia entrado poucos minutos antes, finalizou no cantinho ampliando o placar: 2 a 0 Bragantino, aos 37'.

O Cuiabá ainda tentou pressionar nos minutos finais, mas o time pareceu nervoso, cometeu muitas faltas e não conseguiu nenhuma investida que pudesse ameaçar a vitória consolidada do RB Bragantino.

Próximos jogos

O RB Bragantino terá uma semana para se preparar para o próximo desafio, que será contra o Cruzeiro, fora de casa, às 18h30 do próximo domingo (3), pela 22ª rodada do Brasileiro. No mesmo dia, só que às 11h, o Cuiabá visita o Grêmio, em Porto Alegre.

FICHA TÉCNICA:

RB Bragantino 2 x 0 Cuiabá

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)

Data e hora: domingo (27/8), às 11h (de Brasília)

Árbitro: Bruno Mota Correia (RJ)

Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa-RJ) e Thiago Henrique Neto C. Farinha (RJ)

VAR: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)

Cartões amarelos: Yani Quintero, Thiago Borbas, Realpe, Juninho Capixaba (RB Bragantino); Marllon, Raniele, António Oliveira, Filipe Augusto (Cuiabá)

GOLS: Thiago Borbas, aos 9'/2T e Talisson, aos 37'/2T (RB Bragantino)

RB BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Léo Realpe, Léo Ortiz e Juninho Capixaba; Matheus Fernandes, Yani Quintero (Luan Cândido, no intervalo) e Gustavinho (Talisson, aos 31'/2T); Helinho (Matheus Gonçalves, aos 11'/2T), Thiago Borbas (Alerrandro) e Sorriso (Vitinho, no intervalo). Técnico: Pedro Caixinha

CUIABÁ: Walter; Matheus Alexandre (Pitta, aos 39'/2T), Marllon, Alan Empereur e Rikelme (Ronald Lopes, aos 38'/2T); Raniele, Denilson (Lucas Mineiro, aos 27'/2T) e Fernando Sobral (Filipe Augusto, aos 18'/2T); Jonathan Cafú (Emerson Ramon, aos 26'/2T), Wellington Silva e Deyverson. Técnico: António Oliveira

Veja sete curiosidades das semifinais do Brasileirão Feminino, que começam neste domingo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.