Logo R7.com
Logo do PlayPlus
BRASILEIRO 2022
Publicidade

Principal jornal esportivo da Espanha destaca luta de Vini Jr.: 'Mudou o futebol espanhol'

O Marca ressaltou que o brasileiro fez com que a Federação Espanhola e LaLiga se unissem para limpar imagem do país

Futebol|Do R7

Vinícius Jr. se tornou símbolo da luta antirracista
Vinícius Jr. se tornou símbolo da luta antirracista Vinícius Jr. se tornou símbolo da luta antirracista

A luta de Vinícius Jr. contra o racismo na Espanha foi destaque da edição do diário Marca, principal jornal esportivo do país. Na quarta-feira (24), o periódico abriu suas páginas com o título: "As 48 horas que mudaram o futebol", em referência aos efeitos provocados pela postura combativa do brasileiro após ser vítima de racismo no estádio Mestalla, no jogo entre Valencia e Real Madrid. 

Após enorme pressão internacional, inclusive do governo brasileiro e até da ONU, LaLiga e a Federação Espanhola, que têm histórico de discordâncias, se uniram em busca de limpar a imagem negativa que se criou do futebol espanhol. De acordo com o Marca, o fato de a Espanha ser candidata, ao lado de Portugal e Marrocos, a sediar a Copa do Mundo de 2030, também influenciou as entidades.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

• Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

"Como se tudo valesse em um campo de futebol, todas as denúncias (de racismo contra Vini Jr.) em LaLiga haviam sido arquivadas pelo Ministério Público, até que o jogador brasileiro, farto de suportar o tratamento "desumano", disse basta e confrontou o torcedor que o insultou. Com vontade de ir até o fim, o jogador ameaçou deixar o campo e após a partida virou a imagem da mudança e da luta", publicou o Marca. 

"A Espanha estava em destaque em todo o mundo, e todas as instituições pediam para acabar com a impunidade. A nível desportivo e social, as mudanças começaram na segunda-feira. Decisões que, esperamos, mudarão o futebol espanhol para sempre."

Publicidade
'As 48 horas que mudaram o futebol espanhol', publicou o Marca
'As 48 horas que mudaram o futebol espanhol', publicou o Marca 'As 48 horas que mudaram o futebol espanhol', publicou o Marca

ONU condena ataques racistas

O impacto da luta está sendo tão grande que até a ONU, por meio do alto-comissário Volker Turk, denunciou na quarta-feira (24) os insultos racistas proferidos contra o atacante brasileiro Vinícius Jr. (Real Madrid) durante a partida na Espanha e pediu esforços conjuntos para erradicar esse flagelo do esporte.

"Fazemos um apelo a todos esses eventos esportivos do mundo para enfrentar, combater e prevenir o racismo", declarou Turk, em entrevista coletiva em Genebra, antes de afirmar que o novo incidente é um "lembrete brutal da prevalência do racismo no esporte".

Além de Vini Jr., Daniel Alves e Ronaldo sofreram racismo na Espanha; veja outros jogadores

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.