Futebol Papel invertido: Torcedores vestem a camisa do maior rival por um dia

Papel invertido: Torcedores vestem a camisa do maior rival por um dia

Oito torcedores fanáticos deram depoimentos inéditos ao R7 falando como se torcessem para os maiores adversários

  • Futebol | Eugenio Goussinsky, do R7

Torcida é o maior bem dos clubes de futebol

Torcida é o maior bem dos clubes de futebol

Matheus Vigliar/Arte/R7

Vestir a camisa de um time de futebol, na cultura popular, é o orgulho máximo de um torcedor. Para muitos, desmerecer o rival, significa lealdade, caráter, dignidade. Neste sentido, porém, torcer também pode ser distorcer. Isso se for levado em conta o real significado da palavra rivalidade.

Veja também: Estrela do Real Madrid, Vinícius Jr fala sobre o racismo no futebol

Do latim, rivales diz respeito a "aqueles que compartilham um mesmo rio", em busca de um mesmo caminho: a mobilidade e a sobrevivência. Se um dos lados da margem buscar ocupar uma parte maior do leito, estará roubando, e não rivalizando.

Há corintiano que acha bonito não usar verde. Palmeirense que não veste camisa preta. Gremista que não põe camisa vermelha. Colorado que não quer ser visto de azul.

Pode parecer impossivel encontrar torcedores que ainda abracem a ideia de que futebol é uma grande diversão, voltada à integração.

Para ir atrás deles, confesso que é preciso coragem. É constrangedor, afinal, nos dias de hoje, perguntar se alguém pode se colocar no lugar do rival. O risco de se ouvir um xingamento é grande.

Também para o torcedor é preciso coragem, de admitir que a vida não se resume ao próprio umbigo, à própria camisa, às aparências. Sem que isso signifique deixar de amar o clube de coração.

Os mais bem-resolvidos casais são rivais. Assim como irmãos. E amigos. É a tal diferença que impulsiona o crescimento, quando se debate diversidade.

O R7 foi atrás destes torcedores e os encontrou. Eles aceitaram o desafio de se personificar como torcedores de seus maiores rivais. Deram palpite, "vestiram a camisa", exaltaram. Entraram na brincadeira.

E o que para muitos poderia ser considerado algo inconcebível, a verdade é que, tirando uma ou outra recusa, foi até simples. Tão belo como quando um colorado contempla o céu azul. Ou tão necessário quanto é o sangue vermelho para um gremista.

CORINTHIANS X PALMEIRAS

Cláudio, corintiano, falou do Verdão

Cláudio, corintiano, falou do Verdão

Acervo pessoal

O administrador Cláudio Gendel ama o Corinthians de paixão. Mas, pela primeira vez na vida, topou se colocar na pele de um palmeirense.

"Eu não disse? Sempre falei que nós, como palmeirenses fanáticos que somos, não podemos criticar o técnico e o elenco! Podemos criticar se não mostrarem garra dentro de campo. Mas estão mostrando! Voltamos a ser campeões, contra o Grêmio, e isso mostrou que eu estava certo!! Temos um técnico e uma equipe muito jovens e vencedores. Já tínhamos conquistado a América novamente, com essa equipe ainda jovem, e passando pelo experiente e entrosado River Plate, ganhando de 3 a 0 na Argentina. Nem acreditei!! Temos conquistado ótimos resultados. Mantendo a base da equipe e trazendo alguns jogadores para determinadas posições, como centroavante e mais um lateral-direito, podemos lutar pelo tri da Libertadores e tentar a conquista de mais um Mundial".

PALMEIRAS X CORINTHIANS

Adriano palmeirense palpitou sobre Timão

Adriano palmeirense palpitou sobre Timão

Acervo pessoal

O estudante de jornalismo Adriano Riello Pereira, de 19 anos, é palmeirense até o fundo da alma. Mas falou como se fosse torcedor do Corinthians.

"Faço uma retrospectiva do nosso Coringão na temporada 2020. O Timão contratou o Tiago Nunes que vinha de um bom trabalho no Athletico-PR, mas ele não deu muito certo. Quando o futebol voltou depois da quarentena, estávamos meio desacreditados, mas conseguimos vencer nosso rival Palmeiras na fase de grupos. Mesmo vice, o time foi batalhador.

Não começamos bem no Brasileiro. Depois contestamos a chegada do Mancini, mas ficamos cinco jogos sem tomar gol, cinco vitórias seguidas, goleada no Fluminense, saímos da Copa do Brasil com um pênalti 'mandrake' para o América-MG. Vejo falta de movimento da diretoria para a próxima temporada. É muito pouco. O Cássio é o menos culpado, a zaga é boa, mas precisamos de um outro zagueiro para complementar. Gabriel tem a cara da torcida, bate no peito. Cazares é muito bom meia, assim como o Otero. Mas precisamos melhorar o nosso ataque. O Jô voltou, é ídolo e tudo mais, mas não dá para ficar pagando tudo isso para o Jô para ele jogar isso que está jogando. Luan, então, é uma piada, tem que vender esse cara urgente, ganha R$ 800 mil para ficar no banco! Eu buscaria três para o ataque: um centroavante e dois pontas, porque não temos. Não gostei do ano. Pelo tamanho do nosso clube foi muito pouco".

FLAMENGO X VASCO

Com o viés de um bom cronista, o administrador Silvio Soares, 49 anos, flamenguista até a medula, discursou como um vascaíno que sonha em retomar o caminho das vitórias.

"Ah, meu Vascão. Que triste ver o clube nesta situação...Rebaixamento? A gente não merece isso!
Quem se acostumou com o Expressinho, Bob Dinamite, Bebeto, Romário, amargar a segundona  novamente é demais! Não me conformo!

Precisamos ressuscitar o Seu Eurico, esse sim não ia deixar as coisas chegarem nesse ponto, nem que fosse para parar o campeonato quando nos prejudicavam.

O Vasco precisa voltar às origens, investir na base e não ficar jogando dinheiro fora procurando jogador de segunda linha na América do Sul pra iludir torcedor e brigar sempre só pra não cair.

Precisamos resgatar o Vasco raiz, ter jogadores com coração cruzmaltino e comprometidos pra enfrentar essa tempestade de cabeça erguida e voltar aos grandes dias de glória. Recolocar a nau no rumo certo!!! Vascooooo!!!!"

VASCO X FLAMENGO

O jornalista Jorge Henrique Cordeiro é um vascaíno apaixonado. E mesmo triste pela situação atual de seu glorioso clube, aceitou comemorar algumas conquistas, no papel de flamenguista.

"Dá gosto ver os jogadores do Flamengo comemorando mais um título, mesmo com uma derrota. Ao longo do campeonato inteiro, o time patinou, houve muita desconfiança em relação aos jogadores, ao técnico principalmente. Rogério Ceni quando chegou foi muito criticado, pelas mudanças que fazia no time, mas ele provou que estava certo. Montou um time consistente, um time criativo até, não empolga tanto como o time que conheci na década de 80, mas o importante é que o Flamengo conquistou mais um título! O pessoal vai ter que aturar o oitavo título nacional do Flamengo!"

GRÊMIO X INTER

Inter foi assunto de Sônia

Inter foi assunto de Sônia

Acervo pessoal

Gremista convicta, a administradora Sônia Gontow, 52 anos, mostrou empatia e descontração ao se colocar como colorada.

"Eu, como colorada, fiquei muito decepcionada com meu Inter, que foi líder do Brasileirão, a maior parte do tempo. Tinha tudo pra ser campeão esse ano. Mas, enfim, bola pra frente... Estou bem entusiasmada com o novo treinador e acho que pode fazer um ótimo trabalho, assim como o Coudet fez. Mas tem que manter a gurizada da base que o Abelão trouxe. O Inter não precisa de estrelas e sim de amor à camisa."

INTER X GRÊMIO

Miguel e André são colorados

Miguel e André são colorados

Acervo pessoal

O cardiologista Miguel Gus, 59 anos, é tão colorado que fez treinamentos, após cirurgia no joelho, só para o filho, André, vê-lo jogar com a camisa do Inter pelos pais no GreNal da escola. Mas, ao estilo de cronista, falou como se fosse um gremista convicto, antes das finais da Copa do Brasil. 

"Pode ter noite melhor? Eu, sentado na minha poltrona, pensando no Porco e de sangue doce (meio doce digamos) esperando eles ganharem do Corinthians e o Flamengo, um timaço, acabar com o São Paulo. Ver eles morrerem na praia e já beberem o chope aguado na entrada do salsichão.

Claro que tem coisa melhor!!!! Ver eles entregarem o Brasileirão porque não fizeram um mísero gol no time mofado do Corinthians. E o Flamengo, de quebra, aquele bando perdendo pro São Paulo. Aquela entregada pro Flamengo na Arena foi maravilhosa!!! Valeu Renato. Eles não só morreram na praia como engoliram todas as tatuíras da areia!!! Não respiram mais nos próximos cinco anos pelo menos. Garanto.

E nós?? Tranquilo. Já comprei minha maminha, meu vazio e domingo começo o churras às 11:00.

Mais uma Copa. O time das Copas. O Reis de Copas!! E dos campeonatos?? Jogamos mais um Brasileirão fora. Tivemos o Arthur, Maicon em forma, Cebolinha, Pepe...Um monte de guris bons. Ficamos com as Copas. Enquanto eles não respirarem, basta. Meu medo é depois."

ATLÉTICO-MG X CRUZEIRO

Rubens jogou na base do Galo

Rubens jogou na base do Galo

Acervo pessoal

O administrador Rubens Coronho, 50 anos, é tão atleticano que até já atuou na base do clube, sonhando um dia em vestir a camisa nos profissionais. Mas, por alguns minutos, falou como se fosse cruzeirense.

"O Cruzeiro já foi forte, temido, tinha dinheiro em caixa, aliás, era potência financeira e hoje está insolvente! Já tivemos Tostão, Alex e tantos outros e hoje estamos nesta situação! Neste momento ninguém está temendo o Cruzeiro, temos um elenco pobre, com salários baixos e atrasados e qualidade limitadíssima da equipe! Nunca deveríamos ter contratado Thiago Neves, Edilson e Cia....Sucumbimos aos maus elementos na gestão e mandamos embora o atual técnico campeão brasileiro. E o Felipão? Veio para quê? Passivo, cansado, sem energia! O Thiago Neves fez o presidente escolher entre o Rogério Ceni ou ele! Queimaram o Rogério! Ai que saudades do Zêro campeão..."

CRUZEIRO X ATLÉTICO-MG

Izlias é eterno fã do Cruzeiro

Izlias é eterno fã do Cruzeiro

Acervo pessoal

Cruzeirense fanático, o vendedor Izlias Sander, de 25 anos, exaltou o Galo como se fosse um atleticano.

"Esse ano vai dar Galo na cabeça, Galo na veia. Esse ano temos o Hulk, somos o Clube Atético Mineiro, campeão dos campeões, e seremos campeões de tudo. Vamos vencer todos os campeonatos que vamos disputar. Vamos ganhar todos os jogos contra o Cruzeiro, gritar que o nosso rival está na série B e ganhar. Esse ano ninguém segura o Galo. Se no ano passado batemos na trave no Campeonato Brasileiro, nesse ano seremos campeões brasileiros e da Copa do Brasil. Galo no coração!"

Confira famosos que guardam carinho por clubes brasileiros

Últimas