Futebol Neymar ganha mais de R$ 1 milhão por dia, revela revista

Neymar ganha mais de R$ 1 milhão por dia, revela revista

Em valores absolutos, isso representa cerca de três vezes mais do que recebia o jogador mais bem pago do mundo, David Beckham, há 10 anos

  • Futebol | Eugenio Goussinsky, do R7

Neymar só está atrás de Messi e de CR7

Neymar só está atrás de Messi e de CR7

Lance

A cada dia que o craque brasileiro Neymar Jr. acorda, ele está pelo menos R$ 1,08 milhão mais rico, em termos de remuneração.

Leia mais: Neymar relembra quando copiou corte de cabelo de Ronaldo em 2002 

Claro que essa recompensa, após uma boa noite de sono, é decorrente de muito esforço. E também do talento. Esses dois componentes, aliados a uma dose de sorte, colocaram o jogador como o terceiro mais bem pago do mundo, na lista da revista francesa France Football, divulgada nesta segunda-feira (1).

Neymar recebe 91,5 milhões de euros (R$ 395,85 milhões) por temporada, contando salários, bônus e outras receitas, como publicidade, segundo a publicação. Cristiano Ronaldo, que ganha 113 milhões de euros (R$ 488,87 milhões), é o segundo. Messi, com 130 milhões de euros (R$ 562,41 milhões) é o primeiro.

Os números atuais mostram um vertiginoso crescimento dos salários no mundo do futebol.

Em 2009, segundo a AFP, a mesma France Football apontava que o mais bem pago do mundo era o inglês David Beckham, do Milan, que ganhava 32,4 milhões de euros por temporada.

Segundo a Forbes, o valor recebido pelo inglês era de 29,7 milhões de euros por temporada, entre salários, bônus e outras receitas.

Na segunda colocação da France Football estava Messi, que faturava 28,6 milhões de euros. Ronaldinho Gaúcho, também do Milan, recebia 19,6 milhões de euros e ocupava a terceira colocação. Na época, Cristiano Ronaldo, então no Manchester United, vinha em quarto, com 18,3 milhões de euros.

Neste sentido, em valores absolutos, Neymar recebe cerca de três vezes mais do que recebia o jogador mais bem pago do mundo há 10 anos.

Neymar, no entanto, é o jogador cuja transferência ainda é a maior da história. Em 2017, o Paris Saint-Germain pagou uma multa rescisória de 222 milhões de euros (cerca de R$ 952 milhões na época) ao Barcelona para trazer o jogador, então com 25 anos.

Leia mais: United, Chelsea e PSG tem interesse na contratação de Philippe Coutinho

Em julho de 2018, um ano após Neymar ir jogar na França, a Juventus pagou 100 milhões de euros (cerca de R$ 460 milhões na época) para tirar Cristiano Ronaldo do Real Madrid.

Cristiano Ronaldo tinha 33 anos, mas ainda muita saúde. A ida dele para a equipe italiana foi a maior transferência já feita na história do Real Madrid.

Top 5: veja quem são os jogadores mais bem pagos do mundo

Últimas