Futebol Milionária, Copa do Brasil define semifinalistas nesta quarta

Milionária, Copa do Brasil define semifinalistas nesta quarta

Na volta das quartas de final, torneio — que oferece premiação maior que a Libertadores — terá: Fla x Grêmio, Chape x Corinthians e Cruzeiro x Santos

copa do brasil

Troféu da Copa do Brasil 2018 é valioso esportivamente e terá premiação recorde

Troféu da Copa do Brasil 2018 é valioso esportivamente e terá premiação recorde

Reprodução/Site CBF

A rodada desta quarta-feira (15) da Copa do Brasil definirá três semifinalistas do segundo campeonato do país em relevância — e que paga valores maiores em prêmios que a Copa Libertadores, objeto de desejo dos principais clubes do Brasil.

Os jogos da volta das quartas de final desta noite serão os seguintes: Cruzeiro x Santos (Mineirão, às 19h30), Flamengo x Grêmio (Maracanã, às 21h45) e Chapecoense x Corinthians (Arena Condá, às 21h45). Na quinta, a rodada será completada com o duelo entre Palmeiras e Bahia (Pacaembu, às 19h15).

Veja mais: Copa do Brasil de 2018 estreia com novidades e premiação recorde

A Copa do Brasil deverá render ao campeão cerca cerca de R$ 50 milhões em dinheiro em premiações. O valor é superior aos R$ 35 milhões oferecidos pela Conmebol ao vencedor da maior competição sul-americana. Campeão da edição passada, o Grêmio faturou R$ 25 milhões.

Em relação ao Campeonato Brasileiro, a diferença é ainda mais acentuada: o Corinthians, campeão de 2017, recebeu da CBF, organizadora das duas competições (Copa do Brasil e Brasileirão) R$18 milhões pela conquista. A entidade decidiu valorizar o torneio que teve início em 1989.

Dos oito clubes envolvidos nesta fase da Copa do Brasil, seis também disputam as etapas eliminatórias da Libertadores (Flamengo, Grêmio, Palmeiras, Cruzeiro, Santos e Corinthians). Apenas Chape e Bahia (que está nas oitavas de final da Copa Sul-Americana) estão fora. 

Chape x Corinthians

Embalada pela vitória sobre o time corintiano no domingo passado pelo Campeonato Brasileiro, em Santa Catarina, a Chapecoense tentará reverter, novamente na Arena Condá, a desvantagem após a derrota por 1 a 0, em São Paulo, no duelo de ida entre os adversários na Copa do Brasil.

O técnico Guto Ferreira está confiante, apesar de não poder contar com alguns dos reforços contratados recentemente por problemas com documentação — como o argentino Diego Torres, autor de um dos gols contra o Corinthians, e o paraguaio Edgardo Orzusa — ou por já terem atuado no torneio em outros clubes (como Leandro Pereira, que vestiu a camisa do Sport nas fases iniciais do torneio).

Curta a página do R7 Esportes no Facebook

"Temos que trabalhar muito e, se trabalhar bem, a gente pode conseguir. O que fica lá na frente é a história. Daqui a vários anos, o que vai ficar é o jogo que vencemos o Corinthians pela primeira vez no Brasileiro, com gol no último minuto, como a vitória sobre o River aqui, que a torcida encheu o estádio, que por detalhes não levamos aos pênaltis. Histórias lindas que são contadas em Chapecó. Por que não mais uma? Tudo pode acontecer", profetizou o treinador em entrevista coletiva.

Guto deverá escalar o seguinte time para enfrentar o Corinthians: Jandrei; Eduardo, Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Amaral, Bruno Silva e Yann Rolim; Canteros (Wellington Paulista) e Osman.

No Corinthians, o atacante Clayson é a única dúvida do técnico Osmar Loss para o confronto com o time alviverde catarinense. O jogador — que se envolveu em mais uma polêmica ao jogar água em torcedores da Chape na Arena Condá — sentiu um desconforto muscular na coxa esquerda no treino desta terça.

Veja mais: Clayson se desculpa por reação nervosa contra a Chapecoense

O time alvinegro deverá entrar em campo com esta formação: Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Gabriel e Douglas; Pedrinho, Romero, Jadson e Clayson (Mateus Vital).

Cruzeiro x Santos

O time cruzeirense saiu na frente do Santos na luta por uma vaga na semifinal da Copa do Brasil. Na Vila Belmiro, a equipe celeste venceu por 1 a 0 e terá a vantagem do empate na partida desta quarta, em Belo Horizonte.

O técnico Mano Menezes deverá ter força máxima para o confronto. Assim, o Cruzeiro poderá ter os seguintes jogadores para iniciar a partida: Fábio; Edílson, Léo, Dedé e Egídio; Lucas Silva, Henrique, Robinho e Thiago Neves; Arrascaeta e Barcos.

No Santos, o técnico Cuca tentará reverter a má fase da equipe na temporada. O time ocupa a zona de rebaixamento do Brasileirão e terá pela frente um adversário que já o eliminou em outras duas edições da Copa do Brasil (2000 e 2014, ambas na fase semifinal).

Provavelmente, os 11 titulares santistas escolhidos por Cuca para o confronto com o Cruzeiro serão: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Dodô; Alison, Diego Pituca e Jean Mota; Rodrygo, Bruno Henrique e Gabigol.

A diretoria do Santos anunciou, nesta terça, a ida do meio-campista argentino Emiliano Vecchio para o Al Ahli, dos Emirados Árabes Unidos. O zagueiro David Braz também deixou o clube após a chegada de Cuca. O defensor foi negociado com o Sivasspor, da Turquia, onde atua o ex-santista Robinho.

Flamengo x Grêmio

O empate em 1 a 1 na partida de ida, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, há duas semanas, deixou a luta pela vaga nas semifinais da Copa do Brasil em aberto.

No Flamengo — abalado pela perda da liderança no Brasileirão e a derrota por 2 a 0 para o Cruzeiro, no Maracanã, pela Libertadores —, o técnico Maurício Barbieri reclamou do desgaste dos atletas devido ao excesso de jogos na temporada.

"O calendário tem que se revisto, readequado, que não favorece os clubes, os torcedores. O calendário é feito de forma equivocada, vamos dizer assim", lamentou o treinador flamenguista em entrevista coletiva, nesta terça.

Barbieri não definiu a equipe que entrará em campo, mas adiantou que o fator desgaste do elenco será levado em conta. É possível que a escolha do treinador para iniciar o jogo seja a seguinte: Diego Alves, Rodinei, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá, Diego, Everton Ribeiro e Vitinho; Henrique Dourado (Uribe).

No Grêmio, o atacante Luan pregou atenção com o setor de meio-campo do time rubro-negro no embate. "O ponto forte do Flamengo sem dúvida é o meio de campo, tem jogadores de qualidade, o Paquetá, o Diego, o Éverton. Se a gente der bobeira, podem decidir uma partida a qualquer momento", frisou o jogador gremista em entrevista coletiva na chegada da delegação ao hotel, no Rio de Janeiro.

Quem foram os campeões e vices da Copa do Brasil no século?

O técnico Renato Gaúcho fez mistério sobre a escalação gremista, mas uma formação provável é a seguinte: Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, Jaílson (Cícero), Ramiro, Luan e Everton; André.

Técnicos também são trocados na Europa! Veja as principais mudanças:

    Access log