Futebol Luís Castro faz balanço positivo da temporada e projeta seis reforços para o Botafogo

Luís Castro faz balanço positivo da temporada e projeta seis reforços para o Botafogo

Glorioso ficou fora da Libertadores após ser atropelado pelo Athletico-PR na última rodada do Brasileirão

  • Futebol | Do Live Futebol BR

Luís Castro encerrou seu primeiro ano de Botafogo com avaliação positiva

Luís Castro encerrou seu primeiro ano de Botafogo com avaliação positiva

Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo foi facilmente derrotado pelo Athletico-PR na última rodada do Brasileirão, por 3 a 0, e não conseguiu se classificar para a Libertadores. Após a frustração em Curitiba, o técnico Luís Castro concedeu entrevista coletiva, fez um balanço da temporada alvinegra e projetou a chegada de reforços para que o clube consiga voltar ao protagonismo.

"Neste momento, falhamos em um objetivo e conquistamos dois. O objetivo de permanecer na Série A e chegar na Sul-Americana foram conseguidos. Falhamos na última rodada. (...) Não vou dizer que é um excelente balanço, mas é aceitável e dignifica os jogadores e a instituição. Gostaríamos de dar mais à torcida", disse o português.

Quando questionado sobre o primeiro ano de Sociedade Anônima do Futebol (SAF) do Botafogo, Castro explicou o motivo de ter dado sinal positivo após o convite feito pelo empresário norte-americano John Textor.

"O início foi uma escolha que fizemos pelo Botafogo. Tínhamos contrato e houve o convite, e nós decidimos pelo Botafogo. Um clube com história imensa, forte no futebol mundial, com muitas referências a nível dos jogadores que passaram no Botafogo. A partir disso, uma torcida muito entusiasta, emocional, ao lado do clube, gostam muito do clube. Esse amar sente-se em cada um. Essa emotividade eu sabia que vinha encontrar. Por vezes, nos penalizava com maus resultados, mas é motivo da paixão. Nós decidimos aceitar o projeto de John Textor", destacou.

A temporada de 2022 foi de altos e baixos para o Glorioso, que, em muitas situações, sofreu devido à falta de peças acima da média ou até mesmo em questões de lesões. No próximo ano, a equipe irá disputar a Sul-Americana, entra como um dos favoritos, mas Luís Castro quer ir além.

"Acho que nós devemos olhar para os oito primeiros lugares da tabela. É necessário um conjunto de decisões nossas para por o clube nesse caminho. Quando as coisas têm esse padrão, a dificuldade de dizer o que vai acontecer às equipes, é bom se preparar. A partir desse momento é que se ganha os campeonatos, que é condições de trabalho, jogadores no elenco, perceber o que precisamos, se tem que colocar cinco ou seis jogadores para buscar uma Libertadores, precisamos mesmo desses jogadores."

O último compromisso do Botafogo em 2022 será no dia 3 de dezembro, no amistoso contra o Crystal Palace, da Inglaterra, no Selhurst Park, em Londres. 

Flamengo reúne milhões de torcedores no centro do Rio. Veja fotos!

Últimas